AnaMaria
Famosos / Polêmica

Ludmilla comenta seu discurso durante apresentação no 'BBB21': ''Tava engasgada''

Cantora foi acusada de passar informações para os brothers da casa

Da Redação Publicado em 04/04/2021, às 18h34 - Atualizado às 18h35

Ludmilla discurso - Instagram
Ludmilla discurso - Instagram

Ludmilla foi a atração da festa do 'Big Brother Brasil 21', no último sábado (3). Durante a sua performance, a cantora aproveitou para dividir uma mensagem de respeito e empoderamento. 

Entretanto, a cantora acabou sendo acusada pelos internautas de ter influenciado no jogo, já que decidiu falar a respeito do cabelo black power. Acontece que, mais cedo naquele diaRodolffo acabou fazendo João Luiz chorar, ao comparar o seu cabelo com a peruca de homem das cavernas que recebeu para fazer o monstro da semana. 

Nos Stories do Instagram, a famosa fez questão de listar os motivos que a levaram fazer a declaração durante o show. 

 "Acabei de chegar no hotel. Que show maravilhoso! Quanto tempo eu não subia no palco assim pra cantar, pra dividir energia. Foi muito bom, eu tô aqui muito feliz (...). Pra galera que tá falando que eu interferi no jogo ou alguma coisa do tipo, se vocês não sabem, semana passada eu acabei perdendo na justiça pra uma racista e o juiz alegou liberdade de expressão. E ainda quer que eu pague os honorários dos advogados dela. Dorme com esse barulho aí", começou ela.

"Então... ainda teve aquele produtor lá falando do funk", destacou, fazendo menção às declarações de Rick Bonadio sobre um hit funk ser exibido durante o Grammy. 

"Foram muitas coisas, sabe? Muitas coisas acontecendo durante essa semana e que eu tava engasgada com tudo isso. E o fato do João e da Camilla estarem comemorando é porque eles sofrem na pele, eles sabem o que é isso", assegurou. 

Para finalizar, a esposa de Brunna Gonçalves também deixou um recado para os críticos: "O fato de eu estar usando uma lace lisa não anula as minhas raízes, meu cabelo é crespo e meu local de fala sobre o racismo que eu sofro continuam. Não sejam ignorantes".