AnaMaria
Famosos / Muito amor!

Marcos Mion recebe Xuxa em seu programa e se emociona:''Carinhosa’’

O encontro de apresentadores foi publicado nas redes sociais

Da Redação Publicado em 04/11/2021, às 15h57 - Atualizado às 15h58

Marcos Mion e Xuxa Meneghel - Reprodução/Instagram
Marcos Mion e Xuxa Meneghel - Reprodução/Instagram

Mais uma emoção para a conta de Marcos Mion! Dessa vez, Mion teve um encontro com uma colega de profissão, também apresentadora, Xuxa Meneghel. 

A Rainha dos Baixinhos foi convidada para o ‘Caldeirão do Mion’, exibido às tardes de sábado. No Instagram, Mion publicou uma foto ao lado da loira extremamente feliz com o encontro.. 

“O QUE ESTÁ ACONTECENDO????? Isso aconteceu MESMO?? Eu…eu…EU(??) tenho um programa para receber a Xuxa Meneghel… na GLOBO?? No sábado à tarde?? (cataploft)", iniciou a legenda da publicação. 

Na sequência, Marcos Mion revelou qual era a sensação de estar com Xuxa. “A sensação é que tá tudo errado, tudo invertido, meu Deus!! E você Xuxa, é a pessoa mais generosa, carinhosa e emocionante que existe!! Poder mergulhar nos seus olhos e só enxergar amor, carinho, admiração e aconchego é um privilégio".

O apresentador contou ainda que se emocionou diversas vezes durante a gravação do programa. “Quantas vezes nossos olhos marejaram ontem? Fixados. Como é bom olhar no olho de alguém que olha de volta! Que fixa o olhar e abre a porta! Você representa tanto pra mim! E agora então… depois do papo de ontem… menina! Deus te usou de uma forma linda na minha vida! Só a gente sabe e é assim que tem que ser! Hey, TE AMO! *Em breve no Caldeirola", completou.


XUXA SINCERONA
Xuxa se pronunciou diante da polêmica envolvendo Maurício Souza, Na ocasião, o jogador de vôlei fez declarações homofóbicas contra um beijo entre dois personagens em uma revista de quadrinhos. 

A Rainha dos Baixinhos utilizou suas redes sociais para se posicionar sobre o assunto. "O mais vergonhoso é saber que o 'gado' aceita e segue preconceituosos, racistas e homofóbicos em nome de Deus e da pátria. O ideal seria se eles vivessem todos juntos, em um lugar, só uma tribo e deixassem nós vivermos em harmonia, sem julgar nada e nem ninguém, respeitando as nossas condições, escolhas, desejos.”, começou, detonando o jogador. 

“Coisas que eles nunca vão fazer. A única coisa que posso dizer é que o mundo está andando para frente e nós estamos voltando séculos atrás. Que vergonha!",escreveu por fim. 

NÃO PAROU POR AÍ
Maurício Souzaestá se preparando para abrir uma ação judicial contra o futebolista Walter Casagrande e o jornalista Felipe Andreoli, além da própria Rede Globo de Televisão. Em seus programas, os dois rechaçaram a atitude do jogador de vôlei, que “discordou” do filho de Superman ser bissexual em uma das Histórias em Quadrinhos da DC Comics.

Em entrevista para o ‘Notícias da TV’, o advogado do atleta, Newton Dias, revelou que, nos próximos dias, entrará com uma ação pelos crimes de danos morais.

“No crime de calúnia, injúria e difamação, inverte-se o ônus da prova. Então, eles têm que provar que ele [Souza] é homofóbico. Todos que cravaram, com essa palavra, que ele foi homofóbico, vão responder judicialmente“, declarou o representante legal.

“No meu entendimento, o dano causado à imagem do Maurício já é irreversível. No caso do Maurício, o que ele fez foi uma reflexão. Não existe nenhum discurso de ódio, que inferiorize orientação sexual, nada disso. O que existiu foi uma reação de pessoas que estão imputando a ele o crime de homofobia“, afirmou Dias.

A "opinião" de Maurício sobre a HQ repercutiu imensamente nas redes sociais, ao ponto que os patrocinadores do ex-grupo de jogador, Minas Tênis, pressionassem por sua demissão. Ao noticiar o fato no ‘Globo Esporte’, Andreoli mencionou uma sequência de Stories do Instagram em que o atleta se dizia injustiçado por perder o emprego devido os seus posicionamentos políticos. Para o jornalista, porém,  que fez com que o atleta saísse do clube não foi “ser conservador, de direita”, e, sim, ser homofóbico. “Homofobia é crime. E mata”, ressaltou, no final.

Casagrande foi mais além: em seu espaço de comentários no canal fechado SportTV, o ex-jogador afirmou que Maurício é, sim, homofóbico, “possivelmente racista”, “covarde”, e “mau-caráter”.