AnaMaria
Famosos / Saúde

Pelé é diagnosticado com metástase no fígado, intestino e pulmão

De acordo com a ESPN, o craque Pelé está com câncer generalizado e deve seguir os tratamentos contra a doença

Redação Publicado em 21/01/2022, às 21h36

Pelé foi diagnosticado com tumores em mais três órgãos - Instagram/@pele
Pelé foi diagnosticado com tumores em mais três órgãos - Instagram/@pele

Pelé, de 81 anos, que está lutando contra um câncer no cólon, foi diagnosticado com metástase em outros três órgãos. A informação é do canal esportivo ESPN. Na última quinta-feira (20), o ex-jogador recebeu alta do Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), onde esteve internado para dar continuidade ao ciclo de quimioterapia e realizar exames. 

De acordo com o veículo, durante os dias em que esteve hospitalizado, o craque foi submetido a exames para determinar a extensão do câncer no corpo, verificando se a doença se espalhou ou não. Com isso, foram localizados tumores no fígado, intestino e em um dos pulmões. Não foram reveladas mais informações. 

Agora, o ex-atleta deve seguir com os cuidados médicos para tratar a doença. Por conta da situação fragilizada, ele segue sendo monitorado de perto.

No boletim divulgado na última quinta, quando Pelé recebeu alta, os especialistas afirmaram que ele "está em condições clínicas estáveis".

HISTÓRICO

Pelé foi internado, inicialmente, em 31 de agosto apenas para exames de rotina, uma vez que não conseguiu realizá-los anteriormente devido à pandemia de covid-19.

Na ocasião, o ex-jogador foi diagnosticado com um câncer no cólon e submetido a uma cirurgia às pressas para retirar o tumor. Desde então, as idas ao Hospital Albert Einstein tornaram-se mais frequentes. Em setembro, ele ficou internado durante o mês inteiro. 

Em dezembro, o ex-jogador voltou à UTI para dar prosseguimento ao tratamento no intestino. Depois de alguns dias, recebeu alta para passar as festas de natal e réveillon em casa com a família.