AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Recuperação

Rodrigo Mussi volta às redes sociais e escreve carta aos fãs: ''Assimilando tudo''

Esse é o primeiro recado do ex-BBB desde que sofreu um acidente no final de março

Da redação Publicado em 16/05/2022, às 07h45

Rodrigo Mussi está em processo de reabilitação intensiva - Instagram/@rodrigo.mussi
Rodrigo Mussi está em processo de reabilitação intensiva - Instagram/@rodrigo.mussi

Rodrigo Mussisurpreendeu os seguidores do Instagram ao compartilhar uma carta para lá de especial, na noite do último domingo (15). Isso porque foi a primeira vez que o ex-BBB assumiu o perfil da rede social desde que sofreu um grave acidente de carro no final de março.

A imagem publicada é a de um caderno aberto com um recado escrito a próprio punho por Rodrigo. Ao lado, aparece sua mão ainda com as pulseiras da hospitalização.

"Aqui é o Rodrigo, vocês dizem que eu sou um milagre e eu acredito que não estou vivo atoa. Ainda estou assimilando tudo", afirmou ele, que está em processo de reabilitação.

"Obrigado Deus por me dar uma nova chance, uma nova vida e um livro novo em branco nas mãos para escrever novas histórias. Agora eu faço aniversário 2 vezes por ano. Lembrem-se somos abençoados para abençoar. Em breve estou de volta", concluiu.

Nos comentários, inúmeros seguidores deixaram mensagens de apoio ao gerente comercial. "A imagem mais linda que eu vi hoje", disse a ex-BBB Eslovênia Marques. "Você é luz irmão!", falou Bil Araújo. "Estamos te esperando", comentou Eliezer Netto.

Rodrigo estava em uma viagem de aplicativo de transporte quando sofreu um grave acidente de carro em São Paulo (SP). Na ocasião, ele estava sem cinto de segurança e teve seu corpo arremessado para frente do veículo. O ex-BBB sofreu traumatismo craniano e fraturas múltiplas. Agora, após ficar cerca de um mês na UTI do Hospital das Clínicas, ele recebeu alta hospitalar e está em processo de reabilitação intensiva.

INQUÉRITO

Segundo o portal G1, o delegado Júlio César dos Santos Geraldo, que comandou as investigações do acidente de Rodrigo Mussi, alegou que o motorista de aplicativo Kaique Reis, de 24 anos, responsável pelo veículo, foi imprudente.

Além disso, também foi apontado excesso de jornada de trabalho não fiscalizada pelo aplicativo de transporte. De acordo com a polícia, o motorista cumpriu muitas horas de trabalho durante vários dias, o que não é recomendado.

Em relação ao motorista, a polícia informou que Reis não será indiciado, já que lesão corporal culposa, ou seja, quando não há a intenção de causar o acidente, é considerado um crime de menor potencial ofensivo. Agora, o caso está na Justiça e espera uma resposta do Ministério Público.

{# Taboola Newsroom #}