AnaMaria
Famosos / Parabéns!

Rodrigo Sant'anna faz aniversário e desabafa: ''Pensei em desistir de tudo''

Celebrando a chegada dos 41 anos, Rodrigo Sant'anna faz desabafo na web

Da Redação Publicado em 31/03/2022, às 18h56

Rodrigo Sant'anna está completando 41 anos nesta quinta-feira (31) - Instagram/ @rodrigosantanna1
Rodrigo Sant'anna está completando 41 anos nesta quinta-feira (31) - Instagram/ @rodrigosantanna1

O ator Rodrigo Sant'anna está completando ais um ano de vida nesta nesta quinta-feira (31). Para celebrar a data especial, o artista emocionou os seguidores ao fazer um desabafo.

Em seu perfil no Instagram, Rodrigo compartilhou um clique em que aparece em em meio a uma paisagem paradisíaca, com os pés no mar.

Na legenda, o ator falou de sua trajetória difícil. "Faço hoje 41! As vezes pensei em desistir de tudo, outras quis ir além para provar que eu podia. Perdi amigos, ganhei amores, algumas coisas doeram, muitas me alegraram… O ciclo se renova diariamente, o aprendizado se faz a todo instante", escreveu o humorista.

"Percebo que a minha fé nunca me deixou sozinho, e que universo sempre me nutriu de amor. Obrigado a todos com quem dividi minha existência até aqui", concluiu Rodrigo, cheio de gratidão.

CRITICOU GOVERNO

Rodrigo Sant'Anna enfrentou uma luta contra a Covid-19 no ano passado e, após receber alta, ele foi às redes sociais para compartilhar um desabafo e aproveitou para tecer uma crítica ao governo brasileiro, pela falta de conduta durante a pandemia.

"Oi, gente, hoje eu recebi alta, fiquei desde quinta-feira internado por conta de umas complicações, nada severo, mas precisei ficar hospitalizado. É uma avalanche de sensações e de medo, e olha que eu não passei um terço do que muita gente viveu. O mais assustador disso tudo, apesar de ter muita fé e ser grato pelo grande chefe espiritual do mundo, eu sinto falta de um chefe da nossa nação", disse ele na época.

Com isso, o artista criticou o presidente do país, Jair Bolsonaro (sem partido), que se mostrou contra as medidas de restrição, minimizou a doença e promoveu aglomerações. "Diante disso tudo que está acontecendo, o único chefe que eu pude recorrer foi o espiritual, porque a nossa nação está completamente perdida", falou ele em um vídeo publicado no Instagram.