AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Esclarecimento

Tirullipa fica abalado com busca e apreensão da polícia em sua casa: ''Covardia''

Humorista garantiu que não tem envolvimento com um empresa investigada por crime contra a economia popular

Da redação Publicado em 16/07/2022, às 11h16

Tirullipa deixou claro que não tem envolvimento com a empresa - Instagram/@tirullipa
Tirullipa deixou claro que não tem envolvimento com a empresa - Instagram/@tirullipa

Tirulippase pronunciou sobre a busca e apreensão da Polícia Civil em sua casa, nesta semana. Na sexta-feira (15), o humorista apareceu visivelmente abalado nos stories do Instagram para esclarecer o ocorrido e deixar claro que não tem envolvimento com a empresa Betzord, que é investigada por crime de economia popular.

"Tenho 26 anos de carreira, e eu não duraria tantos anos se eu não usasse com a verdade e com a honestidade. O que estão fazendo comigo é uma covardia muito grande", disse.

Ele ainda destacou que é mentira que esteja alinhado com a empresa. "É fake news essa notícia de que tenho envolvimento com alguma coisa criminosa. Jamais! E nunca irei me envolver", declarou.

Tirullipa fez um único trabalho comercial para a Betzord, há mais de um ano. "Não tenho relacionamento com essa empresa. Quase um ano depois de eu ter feito esse job pontual, a polícia descobriu algumas coisas sobre essa empresa e veio atrás dos influenciadores que já prestaram serviço para essa empresa", disse.

Com o mandado de busca e apreensão, a polícia levou alguns pertences do humorista. "Levaram algumas coisas minhas para o inquérito, já devolveram uma parte e já comprovei e provei tudo. Estou à disposição da Justiça. Eles sabem de tudo meu, tem tudo meu e graças a Deus pago meus impostos direitinho, trabalho muito e vendo alegria", afirmou.

Por fim, ele agradeceu o apoio dos fãs, mas disse que a situação o deixou abalado e, por isso, irá ficar mais afastado das redes sociais. "Queria agradecer a todos os amigos e fãs pelas mensagens. Antes de me pronunciar, muita gente mandou mensagem de apoio acreditando em mim sem eu falar nada. Obrigado. Eu quero dizer para vocês que preciso me recompor, dar um tempo e vou para o meu porto seguro que é minha família. Eu sou ser humano também. Eu sinto a pancada quando batem em mim. Preciso me recuperar e me recompor para fazer vocês sorrirem", completou.

A ordem judicial cumprida pela Polícia Civil tem a intenção de coletar provas para o inquérito que investiga influenciadores que fizeram publicidades para a empresa Betzord.

A própria empresa deixou um comunicado nas redes sociais: "Em respeito aos seus consumidores reitera que sempre pautou sua conduta profissional dentro dos limites legais [...] a empresa contribui e sempre contribuirá com as investigações", diz o advogado que representa a Betzord.