AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Polêmica!

Xuxa se revolta e manda recado à Bruna Karla, após declarações homofóbicas

A apresentadora Xuxa pediu que quem não concordasse com ela parasse de segui-la

Da Redação Publicado em 21/06/2022, às 18h44

Xuxa deu sua opinião em uma live do Instagram - Reprodução/Instagram
Xuxa deu sua opinião em uma live do Instagram - Reprodução/Instagram

As revoltas contra as falas homofóbicas de Bruna Karla não param. A crítica da vez foi Xuxa Meneghel, que não perdeu a oportunidade de mostrar a sua indignação com os comentários feitos pela cantora gospel.

Bruna contou, em entrevista à Karina Bacchi, que se recusou a cantar no casamento de um amigo com outro homem e que ele estaria “caminhando para a morte eterna”. A apresentadora realizou uma live no Instagram e falou sobre o ocorrido

“Ao invés de melhorar parece que as coisas estão piorando”, disse Xuxa. “Se Deus é amor, se Deus fez você do jeito que é, como alguém pode dizer que você não é filho de Deus, que Deus não te ama?”, argumentou.

Ela ainda declarou que a fala da artista foi uma homofobia escancarada: “‘Eu não sou homofóbica, tenho até amigo bicha’. Olha que coisa ridícula isso, gente. Tem mais homofobia que isso? Se as pessoas se unissem e dissessem para esses preconceituosos a gente não trabalha mais, eu queria ver se o mundo iria para frente para essas pessoas”.

Por fim, a Rainha dos Baixinhos pediu que quem não concordasse com a sua opinião parasse de acompanhá-la. “Pelo amor de Deus não me siga, não fale comigo, não dirija nem o olhar para mim, porque é uma energia que eu não quero na minha vida”, disse.

Além de Xuxa, outras celebridades criticaram Bruna Karla na internet. Dentre elas, Jojo Todynho, Anitta, Ludmilla e Gil do Vigor.

MAIS REVOLTAS

Jojo Todynho usou suas redes sociais, nesta terça-feira (21), para fazer um desabafo após sofrer ataques pesados de evangélicos, fãs de Bruna Karla. Tudo após suas declarações contra a cantora gospel, que confessou ter recusado convite para cantar no casamento de um amigo por ele ser gay. Fãs de Bruna acusaram a funkeira de "tentar aparecer".

“Eu não preciso subir nas costas de ninguém. Mas não sei se as pessoas vivem no país das maravilhas ou estão insanas. Vocês se esqueceram do país em que vocês vivem? Será que vocês não veem o jornal?”, começou Jojô.

“Nós vivemos num país preconceituoso, racista, que as pessoas levam tudo ao pé da letra. E a gente tem que pensar no amanhã, no que uma palavra pode causar. E quando têm pessoas que confirmam seu pensamento maldoso. Falando, agredindo fisicamente ou verbalmente, porque outras pessoas têm opinião diferente da dela. Vivem uma vida diferente da delas”, completou a funkeira.

Na visão de Jojo Todynho, os críticos deveriam seguir o "verdadeiro evangelho", que não semeia ódio e fala do amor de Deus. "Estão esquecendo de algo que tem na Bíblia, o livre arbítrio. A sua conta você vai prestar com Deus”, disse, reiteirando sua fé.

“Ela como adoradora de Cristo, deveria falar do amor de Deus. Todo momento que você coloca para fora algo que esteja enraizado dentro de você, é preconceito sim. A tantas maneiras de você falar do amor de Deus e pregar sobre o seu ministério. Você vai dar força para as pessoas que já fazem maldade, já atacam”.

Por fim, mandou um recado. “Uma coisa que eu menos preciso é subir nas costas de Bruna Karla ou de qualquer outra pessoa. Porque a minha conta, eu vou prestar com Deus”, finaliza.

{# Taboola Newsroom #}