AnaMaria
Programação da TV / Todas as Mulheres do Mundo

Emílio Dantas e Sophie Charlotte vivem romance conturbado em nova série da Globo

Baseado no livro de Domingos Oliveira, a série conta mais de 10 histórias de paixão

Da Redação Publicado em 13/04/2020, às 14h51 - Atualizado às 14h52

Sophie Charlotte, Emílio Dantas e Matheus Nachtergaele estão em ‘Todas as Mulheres do Mundo’ - Globo/Victor Pollak
Sophie Charlotte, Emílio Dantas e Matheus Nachtergaele estão em ‘Todas as Mulheres do Mundo’ - Globo/Victor Pollak

Longe da TV desde 2018, Emílio Dantas será o protagonista da série ‘Todas as Mulheres do Mundo’, baseado no livro homônimo de Domingos Oliveira. A história, que conta como o arquiteto Paulo se apaixonou por diversas mulheres, chega no Globoplay a partir do dia 23 de abril.

Nesta jornada da paixão, o público será apresentado primeiro à Maria Alice (Sophie Charlotte), uma bailarina que rompe o noivado após conhecer Paulo em uma festa e os dois vivem um intenso romance, até que ela decide morar na Alemanha. 

“O Paulo tem uma grande paixão, mas ele acha que todas as outras mulheres também são apaixonantes. A ideia de que fosse um amor à primeira vista a cada episódio foi da Patricia (Pedrosa, diretora artística). Ela queria que, a cada capítulo, uma atriz fosse apresentada. Então, o Paulo vai se apaixonar à primeira vista e nós, espectadores, também vamos”, aponta o autor Jorge Furtado.

Além dessa história, o rapaz se envolverá também com as personagens de Lilia Cabral, Maria Ribeiro, Maeve Jinkings e Verônica Debom.

“O que liga essas mulheres é o fato de se relacionarem com o mesmo homem em algum momento de suas vidas e por coincidência o abandonarem”, afirma Patricia.

ELENCO

Também participam da série atores como Matheus Nachtergaele, Fernanda Torres, Fábio Assunção, Felipe Camargo, entre outros, assim como atores que trabalharam ou conviveram com Domingos Oliveira, como a companheira Priscilla Rozenbaum; a filha de Domingos, Maria Mariana; e a ex-produtora cultural de Domingos, Renata Paschoal, que trabalhou com o diretor por 15 anos. 

A série em 12 episódios é escrita por Jorge Furtado com Janaína Fischer, e direção artística de Patricia Pedrosa.