AnaMaria

Após se tornar alvo de críticas, Juliano Cazarré faz desabafo nas redes sociais

O ator se envolveu em uma polêmica depois que registrou uma sessão de fisioterapia

Da Redação Publicado em 23/06/2020, às 14h28 - Atualizado em 06/07/2020, às 19h37

Após se tornar alvo de críticas, Juliano Cazarré faz desabafo nas redes sociais - Reprodução/Instagram
Após se tornar alvo de críticas, Juliano Cazarré faz desabafo nas redes sociais - Reprodução/Instagram

Juliano Cazarré resolveu usar as redes sociais para abrir o jogo depois de ter se tornado alvo de críticas dos seguidores. Tudo começou quando o ator publicou uma imagem no seu Instagram, na última terça-feira (22), enquanto levantava um peso na academia. O artista explicou que a rotina doméstica da quarentena acabou exigindo muito de sua coluna e ele preciso fazer fisioterapia. 

"Mais de cem dias de quarentena, muitas horas por dia cozinhando, carregando bebê no colo e trabalhando na casa... a coluna pifou. Precisei ir pra fisioterapia", disse ele na legenda da foto.

Entretanto, algumas internautas acabaram se ofendendo com a foto e chamaram a atenção de que as tarefas listadas pelo galã, fazem parte do dia a dia de centenas de mulheres. Além disso, a web reparou que na imagem em questão, o moreno estava vestindo a máscara facial preventiva ao Coronavírus errado, já que ela não estava cobrindo todo o seu nariz.

Depois da enxurrada de mensagens, o global resolveu rebater alguns dos comentários, nesta terça-feira (23). O marido de Letícia Cazarré publicou uma selfie em seu perfil e aproveitou a legenda para escrever um longo texto explicando a situação. 

"Minha cara olhando os comentários do meu último post. Os fiscais da máscara alheia. Os fiscais da fisioterapia alheia. Os comentários que tentam transformar tudo em uma guerra de sexos, de cores, de classes. Os que acham qualquer pretexto para posar de vítimas e arrotar virtudes que julgam possuir", começou ele. 

O famoso declarou que durante a confusão, chegou a pensar em deletar a sua conta na rede social. 

"E eu penso: ⁣Vale a pena continuar aqui? Que vontade de desistir. Evitar estresse desnecessário. Evitar desgostos e mal entendidos, acusações baratas e acusações maldosas. Que vontade de ficar quieto com meus livros. De apenas fazer meu trabalho e criar personagens para o divertimento do meu sempre respeitável público.⁣ Não, eu não me acho necessário, muito menos insubstituível. Sei que não faria diferença encerrar a conta. O mundo seguiria seu curso implacável e eu seria só mais na maioria silenciosa. Mais um na espiral do silêncio", assegurou. 

Logo em seguida, o pai de Vicente, Inácio e Gaspar afirmou a sua opinião sobre as críticas que recebeu. 

"Mas a minha criação foi para a liberdade e a coragem. Os livros que leio me incentivam a não me calar, mesmo com prejuízo pessoal. A liberdade é o valor mais importante. A busca pela verdade é essencial. A Família precisa ser defendida - nenhuma sociedade saudável se faz sem a família como pilar e fudamento! Fé, Esperança e Caridade são virtudes que precisam ser reensinadas. Mesmo que seja por alguém como eu, dono de uma fé pouca, de uma esperança vacilante e de uma caridade tímida'', explicou. 

Para finalizar, ele destacou por qual motivo não excluiu a conta no Instagram. 

"Às vezes me sinto muito só, como um Quixote sem Sancho a lutar contra os moinhos. Por outro lado, também vejo cada vez mais, por aqui, gente defendendo esses valores em que acredito. E a esperança respira novamente, mesmo com a máscara sufocante do politicamente correto.⁣ Então, eu decido ficar. Mais um dia. Mais um tempo. Porque, apesar da minha insignificância, qualquer voz que conclame os homens a serem bons maridos e bons pais, qualquer voz que clame por liberdade, qualquer voz que peça mais união e menos divisão, nesse momento, é uma voz fundamental. Boa terça-feira, galera", concluiu.