AnaMaria

Eduardo Costa detona relação de amigo com sua ex-namorada: ''A pior traição''

Eduardo Costa se sente traído após descobrir relação de amigo com sua ex-namorada

Da redação Publicado em 30/12/2019, às 15h43 - Atualizado às 15h43

Eduardo Costa se decepcionou com atitude de amigo - Instagram/ @eduardocosta
Eduardo Costa se decepcionou com atitude de amigo - Instagram/ @eduardocosta

Eduardo Costa não ficou nada feliz ao descobrir o relacionamento entre seu amigo, o cantor Clayton, da dupla com Romário, e sua ex-namorada, Victória Villarim.

Segundo informações da coluna de Leo Dias, do portal UOL, o cantor suspeitou que algo estava acontecendo entre os dois e pediu para que alguns amigos confirmassem se realmente existia um romance. 

Após a confirmação, Eduardo ficou muito abalado, já que não esperava que um amigo tão próximo quanto fosse ficar com sua ex.

Ainda de acordo com a coluna, o cantor já ajudou muito Clayton, tanto na carreira quanto na vida financeira. Além disso, desde o término do namoro com Victória, Eduardo também dá uma boa ajuda em dinheiro para a modelo. 

O sertanejo abriu o jogo sobre o assunto para Leo Dias. “A pior traição é a de um amigo, não por todo o investimento que fiz do meu bolso, mas pelo carinho, respeito e dedicação que damos a pessoas que amamos, porque amigo é um amor que você escolhe, não faz parte de nenhum pacote", disse. 

"A Victoria tem todo o direito de seguir a vida dela, com quem ela quiser e se sentir feliz. Mas fico pensando em quais eram as reais intenções da pessoa que eu chamei de amigo", completou. 

DESABAFO

Eduardo Costa decidiu usar as redes sociais para desabafar sobre traição, no último sábado (28).

Na ocasião, o sertanejo explicou o motivo pelo qual nao perdoa este tipo de atitude. 

"Por que não perdoo traição? Principalmente de um amigo. Simples. Errar é humano, porém errar é tentar fazer algo certo e o resultado sair errado. Traição não é um erro, é uma escolha, pois quando o fez, já sabia que o resultado estava errado. Logo, não se tentou fazer o certo. Nesse caso, cabe a Deus perdoar", afirmou. 

"Quem fez, simplesmente não deu valor a você, e teve chance de pensar antes de fazer. Não tem essa de perdoar para seguir em paz. Eu não perdoo e sigo em paz. Quem fez a merda que vá confessar com o demônio, porque eu acho que ingratidão nem Deus perdoa, mas isso eu só acho. E os 'amigos' falsos que vão pro inferno. Se Deus perdoasse fácil assim um amigo falso, o diabo voltaria a ser Anjo", concluiu.