AnaMaria
Últimas Notícias / Votação

Eleições 2020: Bruno Covas e Guilherme Boulos vão para segundo turno em SP; confira o resultado de outras capitais

Com atraso na divulgação, votações municipais tiveram maior número de eleitores da história

Da Redação Publicado em 16/11/2020, às 07h41 - Atualizado às 07h43

Bruno Covas e Guilherme Boulos vão para segundo turno em SP - Instagram
Bruno Covas e Guilherme Boulos vão para segundo turno em SP - Instagram

As eleições municipais de 2020 ficaram marcadas pela grande quantidade de brasileiros que foram às urnas no último domingo (15). Entretanto, o que de fato chamou a atenção foi a demora para a divulgação do resultado dos votos apurados. 

De acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, nestas eleições, a totalização foi concentrada no sistema do próprio TSE, de forma diferente de anos anteriores, quando uma parcial era feita em cada estado pelo respectivo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que repassava os dados ao TSE. 

O resultado das eleições municipais de São Paulo só foram divulgados oficialmente pouco depois das 21h30. A apuração das urnas mostrou que Bruno Covas (PSDB) alcançou 32,85% dos votos, enquanto Guilherme Boulos (PSOL)  atingiu a marca de 20,20%, avançando para o segundo turno, que está previsto para o dia 27 de dezembro. 

Já na cidade do Rio de Janeiro, o eleitores também deverão retornar às urnas para decidir entre Eduardo Paes, do Democratas, que recebeu 37%, e Crivella, do Republicanos, que levou 21%. 

SEGUNDO TURNO 

Além da capital paulista e fluminense, outras cidades que também terão segundo turno das eleições são: 

  • Belém do Pará (PA) com Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Eguchi (Patriota); 
  • Manaus (AM) com Amazonino Mendes (Podemos) e Davi de Almeida (Avante);
  • Fortaleza (CE) com José Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros); 
  • Porto Alegre (RS) com Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’Ávila (PCdoB);
  • Goiânia com Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD);
  • Recife (PE) com João Campos (PSB) e Marilia Arraes (PT); 
  • Rio Branco (AC) com Tião Bocalom (PP) e Socorro Neri (PSB); 
  • João Pessoa (PB) com Cicero Luceno (PP) e Ruy Carmero (PSDB); 
  • Cuiabá (MT) com Abilo (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB); 
  • Boa Vista (RR) com Arthur Henrique (MDB) e Otaci (Solidariedade); 
  • Porto Velho (RO) com Hildon Chaves (PSDB) e Christiane Lopes (PP);  
  • Vitória (ES) com Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT);