AnaMaria
Últimas Notícias / PRÓ-GOVERNO

Guilherme de Pádua vai à manifestação a favor de Bolsonaro

Condenado pela morte de Daniela Perez, o atual pastor defendeu o governo

Da Redação Publicado em 25/05/2020, às 11h52 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Guilherme ao lado da esposa, Juliana Lacerda - Instagram
Guilherme ao lado da esposa, Juliana Lacerda - Instagram

Condenado pela morte da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez, Guilherme de Páduamarcou presença em uma manifestação a favor do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), que aconteceu em Brasília no último domingo (24).

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o atual pastor compartilhou um clique ao lado da esposa, Juliana Lacerda, em que aparece usando uma máscara de proteção com estampa da bandeira do Brasil. 

“Estamos aqui no Congresso Nacional, agora estamos indo ali pra manifestação, né, em prol do Brasil. É isso mesmo, gente, o Brasil precisa mudar. Esses políticos corruptos, esses esquemas de tetas públicas, que o pessoal só fica explorando o povo brasileiro e o dinheiro, e as melhorias não chegam nas mãos do povo, não chegam na vida do povo. Se Deus quiser o Brasil vai mudar, não é meu amor?”, diz o casal em uma sequência de vídeos no Instagram.

Em seguida, Guilherme faz críticas sobre os opositores ao governo e diz que "eles estão torcendo para que o vírus mate mais pessoas".

“Sabe o que mais me impressiona neste momento político que o Brasil está passando? O que mais me impressiona é que tem pessoas que estão torcendo para tudo dar errado, torcendo para o Brasil se afundar em uma crise, torcendo até para o vírus, para que ele mate mais pessoas ou para que ele cause mais danos ao país em geral”, continuou.

Vale lembrar que Guilherme e Paula Tomaz, sua ex-esposa, foram condenados a 19 anos e seis meses de prisão pelo assassinato de Daniela a tesouradas, em 1992. No entanto, a pena acabou sendo reduzida para seis anos.