AnaMaria
Últimas Notícias / Dinheiro Público

‘Jornal Nacional’ questiona e ironiza o secretário especial de Cultura, Mario Frias

Ex-global, Mário Frias, é ironizado no ‘Jornal Nacional’ por gastar R$ 39 mil em viagem para Nova Iorque

Da Redação Publicado em 11/02/2022, às 14h24

Mário Frias, gasta R$ 39 mil em viagem a Nova Iorque, nos Estados Unidos. - Instagram/@mariofriasoficial
Mário Frias, gasta R$ 39 mil em viagem a Nova Iorque, nos Estados Unidos. - Instagram/@mariofriasoficial

O secretário especial de Cultura, Mario Frias, gastou R$ 39 mil do dinheiro público em uma viagem para Nova Iorque, nos Estados Unidos, entre 14 e 18 de dezembro de 2021. Lá, se encontrou com o empresário Bruno Garcia e o lutador de jiu jitsu Renzo Gracie, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro(PL).

E Frias não foi sozinho, pois levou junto o secretário adjunto Hélio Ferraz de Oliveira. Segundo as informações do Portal da Transparência, a passagem aérea de cada um dos dois, em classe executiva, custou R$ 26 mil, além dos gastos de mais de R$ 12,8 mil em diárias de hotel. A viagem foi custeada pelo contribuinte.

“Por que não foi online?", questionou Renata Vasconcelos ao dar a notícia no ‘Jornal Nacional’ da última quinta-feira (10). A apresentadora ainda sugeriu que o secretário poderia ter feito essa reunião de forma virtual. Vale ressaltar que as informações constam no Portal da Transparência como ‘urgente’, mas não existe nenhuma explicação oficial  para tamanha urgência.

O custo também foi mais alto por ter sido uma viagem de última hora. Em uma pesquisa rápida em um site de viagens, uma passagem aérea de Brasília (DF) para Nova Iorque, com ida em 01 de março e volta no dia 05 custa cerca de R$ 2548, em classe econômica, e R$ 6546 em classe executiva, ida e volta. Fora a hospedagem, que também costuma sair mais em conta quando comprada com antecedência.

Pesquisa site Latam, linhas aéreas

A JUSTIFICATIVA

Procurado, Mário Frias explicou que a viagem foi um convite que tinha aceito de Gracie, que apresentou a ele um projeto que envolvia cultura e esporte. Por esse motivo, a viagem teria sido informada como “urgente”

A Secretaria Especial da Cultura, informou ao ‘JN’ que o secretário teve outros compromissos durante a viagem. Não citou, porém, quais seriam eles. Tais informações também não constam no Portal da Transparência.

Dados da viagem de Mário Frias no Portal da Transparência

Frias rebateu a notícia dada no ‘Jornal Nacional’, afirmando se tratar de “mentiras e falta de ética” de quem reportou sua viagem. “Tenho todos os documentos que comprovam a mentira propalada por esses jornalistas e estamos avaliando notificá-los para prestar explicações, de forma judicial, sobre essas fantasiosas informações", disse o ex-ator em suas redes sociais.