AnaMaria

Maitê Proença sai em defesa de Regina Duarte na Cultura: ''Ela não é perversa''

Atriz Maitê Proença defende a amiga Regina Duarte na Secretaria de Cultura

Da Redação Publicado em 21/01/2020, às 07h50 - Atualizado às 07h50

Regina Duarte e Maitê Proença são amigas - Instagram
Regina Duarte e Maitê Proença são amigas - Instagram

Maitê Proença saiu em defesa da amiga Regina Duarte após a atriz ser nomeada a para comandar a Secretaria de Cultura, na segunda-feira (20). 

Em entrevista para a coluna de Sônia Racy, do jornal Estadão, Maitê afirmou que o mais importante é o mundo da cultura ter respeito e paciência com Regina. 

"Ela não é perversa, nem cínica, nem nazista. Dentro do cenário que vivemos, ela é a melhor das possibilidades."

Além disso, Proença ressaltou que a amiga trabalha desde a adolescência e conhece muitas pessoas do meio. "Ela tem admiradores de todas as ideologias."

Vale lembrar que Maitê Proença chegou a ser convidada por Jair Bolsonaro para assumir o Ministério do Meio Ambiente. No entanto, a loira recusou. 

ENTENDA

O secretário da Cultura, Roberto Alvim, foi demitido na última sexta-feira (17) por ter parafraseado um discurso de Joseph Goebbels, antigo ministro da Propaganda na era da Alemanha nazista, época em que Hitler governava.

Na segunda-feira (20), Regina Duarte aceitou o convite de Jair Bolsonaro para substituir Alvim. 

Segundo o jornal ‘Folha de São Paulo’, a atriz disse à coluna de Mônica Bergamo que começará uma fase de testes no departamento.

Duarte detalhou seus objetivos para o meio de comunicação. “Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo. Sou apoiadora deste governo desde sempre e pertenço a classe artística desde os 14 anos”, relatou.