Mel B revela ter sofrido ataques racistas na época do grupo Spice Girls

A artista relatou os ataques que já sofreu durante o auge do sucesso do grupo

Da Redação Publicado terça 9 junho, 2020

 A artista relatou os ataques que já sofreu durante o auge do sucesso do grupo
Mel B relatou os momentos em que sofreu racismo - Instagram/ @officialmelb

A cantora Mel B, integrante do grupo Spice Girls, revelou em entrevista ao jornal 'Daily Star' que sofreu racismo no auge do sucesso do grupo.

A estrela deu mais detalhes sobre a situação, que ocorreu na África do Sul, em 1997.

"Me pediram para deixar a loja de roupas de grife em Sun City, quando estava com todas as outras meninas, nos apresentando para o príncipe Charles e para o Nelson Mandela", ela contou.

Mel B revelou que suas colegas de grupo, Victoria, Emma, Mel C e Geri sempre a defendeu e apoiou durante os anos em que cantaram juntas.

"É bem horrível pensar que sequer fiquei chocada, porque se você é marrom, há sempre uma parte de você que já espera um confronto", afirmou.

Por fim, a artista contou que na gravação do clipe do sucesso 'Wannabe', uma das pessoas responsáveis pelo visual do grupo pediu para que ela alisasse os cabelos.

"Eu me neguei na hora porque o meu cabelo era minha identidade e, sim, eu era diferente das outras meninas. Isso era o que eram as Spice Girls: celebrar nossas diferenças", concluiu.
 

Último acesso: 28 Nov 2020 - 04:37:56 (1113068).