AnaMaria
Últimas Notícias / POLÊMICA

Modelo que acusou MC Livinho de racismo expõe mensagens e diz que foi ameaçada

Raielli Leon disse que sua advogada foi comprada pelo cantor

Da Redação Publicado em 04/06/2020, às 08h58 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Railelli Leon expõe mensagens de MC Livinho - Instagram/@mclivinho/@railellileon
Railelli Leon expõe mensagens de MC Livinho - Instagram/@mclivinho/@railellileon

A modelo Raielli Leon, que acusou MC Livinho de assédio e racismo, decidiu mostrar as mensagens que recebeu do cantor após fazer a denúncia nas redes sociais, na última terça-feira (2).

Na ocasião, o funkeiro pediu desculpas, dizendo que queria ajudá-la com seus trabalhos. Mas a influenciadora rebateu dizendo que foi a ameaçada e que compraram sua advogada.

Ela chegou a ficar afastada das redes sociais após a divulgação do relato, visto que muitas pessoas disseram que ela apenas estava querendo mídia.

"Desde ontem, a partir do momento que resolvi falar,  eu venho recebendo muita mensagem, muitas informações. Tive muita dificuldade de filtrar e não estive bem para continuar falando sobre isso e pra continuar trazendo para vocês aqui detalhes do acontecimento", começou.

Na sequência, Raielli afirmou que o episódio aconteceu há dois anos e sete meses e registrou um boletim de ocorrência.

"Porque não foi uma brincadeira, foi um crime e vai ser julgado", disse.

Na sequência, ela publicou a troca de mensagens, nas quais Livinho pede desculpas, mas também afirma que a modelo está em busca de fama.

"Me importo. Minha mãe até hoje sobre preconceito. Eu já vivenciei isso com ela", responde o cantor.

"Ter uma mãe negra não te faz menos racista", rebateu Raielli.