AnaMaria

Murilo Benício diz para acabar com núcleo de humor nos folhetins e Marcelo Médici rebate

Murilo Benício fazer declaração polêmica sobre núcleo de humor em novelas e ator rebate

Da redação Publicado em 09/12/2019, às 17h45 - Atualizado às 17h45

Marcelo Médici não concordou com fala polêmica de Murilo Benício - Reprodução/ Instagram
Marcelo Médici não concordou com fala polêmica de Murilo Benício - Reprodução/ Instagram

Marcelo Médici parece não ter ficado nada satisfeito com uma declaração dada por Murilo Benício, que teria dito que tem que acabar com o núcleo de humor nos folhetins. 

Em entrevista recente ao Notícias da TV, Benício afirmou que é necessário adotar técnicas mais modernas no gênero. 

Médici, que interpretou Abner na última novela das seis, 'Órfãos da Terra', usou as redes sociais para rebater a fala de Murilo, que está no ar atualmente como Raul, na trama 'Amor de Mãe'. 

“Tinha que acabar com núcleo de ator ruim... (que não é o caso do Murilo, que acho maravilhoso, inclusive fazendo comédia)”, escreveu Médici.

Na sequência, um internauta concordou com Benício: “Não precisa de núcleo de humor quando os núcleos trazem o humor sem se limitar a apenas isso. Gosto da fala de Murilo”, afirmou o seguidor.

Marcelo fez questão de responder o seguidor. “Também acho, mas se tem é o porque o público gosta... Ou você e o Murilo acham que continua tendo para irritar vocês e a Patrícia Kogut?”, escreveu.

VOLTA AS NOVELAS

Após um longo período longe das telenovelas, Murilo Benício está de volta ao horário nobre da TV Globo, em 'Amor de Mãe'. No entanto, em entrevista para o site Notícias da TV, o ator justificou a ausência no gênero televisivo. 

Para Benício, fazer uma novela, sobretudo do horário das 21h, é motivo de muita exaustão.

"Essa história de núcleo de humor tem que acabar. Não tem nesta novela, como também não tem o vilão. A gente gira em torno de muita coisa, não somos só bons a vida inteira. Todo mundo é um pouco de tudo. Esta é a proposta".

O ator explicou que o afastamento da TV não foi planejado, mas encontrou uma razão. "Novela toma muito o nosso tempo, muito mais que série. Eu tive a oportunidade de dirigir dois filmes e foi um tempo abençoado para mim. Novela é uma coisa que dá tanto trabalho que você fica até com medo de entrar em uma. É um ano que você não tem vida”, contou.