AnaMaria

Oscar 2020: conheça os indicados na categoria Melhor Ator

Confira a lista dos indicados a Melhor Ator no Oscar 2020

Gabriela Catan Publicado em 09/02/2020, às 08h45

Confira a lista dos indicados à Melhor Ator no Oscar 2020 - Reprodução/Instagram
Confira a lista dos indicados à Melhor Ator no Oscar 2020 - Reprodução/Instagram

A  92.ª cerimônia de entrega dos Academy Awards, evento popularmente conhecido como a entrega do Oscar, acontece neste domingo (9).

A ideia é homenagear os melhores atores, técnicos e filmes do ano de 2019.

A celebração, assim como nos anos anteriores, será transmitida pelo canal a cabo TNT e pela TV Globo no Brasil às 20 horas.

Para te ajudar a saber quem está concorrendo, AnaMaria Digital produziu uma lista das categorias e os indicados deste ano.

Na disputa de Melhor Ator estão novatos, mas também intérpretes já premiados em outras edições. 

Fique por dentro dos indicados!

ANTONIO BANDERAS EM 'DOR E GLÓRIA'

Atualmente com 59 anos, esta é a primeira vez que o galã espanhol é indicado ao Oscar. Banderas interpreta Salvador Mallo no filme de Pedro Almodóvar. O personagem é um diretor de cinema de 60 anos, que passa por uma crise criativa resultante em dores no corpo inteiro e depressão. 

Contudo, ao ter uma obra sua de 30 anos atrás homenageada, reencontra um antigo amigo e um antigo amor, além de suas memórias de infância. Pelo papel, o ator foi indicado à outras premiações importantes do cinema, como Globo de Ouro, Critic's Choice Movie e o Festival de Cannes, onde concorreu e ganhou o prêmio.

ADAM DRIVER EM 'HISTÓRIA DE UM CASAMENTO' 

Esta não é a primeira indicação ao Oscar do ator, de 36 anos. Em 2019, ele concorreu na categoria de Melhor Ator Coadjuvante, pelo filme 'Infiltrados na Klan', mas não levou a estatueta. 

Já neste filme, dirigido por Noah Baumbach, Driver interpreta Charlie, um diretor de teatro que está se separando da esposa, a atriz Nicole (Scarlett Johasson). Além do divórcio, eles precisam enfrentar a disputa da guarda do filho dos dois. Pelo papel, Adam foi indicado à outros prêmios importantes como Globo de Ouro, SAG Awards, Critic's Choice Movie e ao BAFTA. 

JOAQUIN PHOENIX EM 'CORINGA' 

Com 45 anos, o ator americano já foi indicado quatro vezes ao Oscar,  mas ainda não levou nenhuma estatueta para casa. Tudo pode mudar este ano, após uma marcante interpretação do personagem que virá a se tornar um dos grandes inimigos do Batman. No drama de Todd Phillips, Phoenix interpreta Arthur Fleck, um palhaço que trabalha para uma agência de talentos e possui alguns problemas mentais. 

Após ser demitido, ele reage mal à gozação de três homens no metrô e os mata. Esses assassinatos dão início à um movimento popular contra a elite de 'Gotham City', da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante. Pelo papel, Joaquin foi indicado à outros prêmios importantes como o BAFTA, Globo de Ouro, no qual levou o prêmio e ao SAG Awards, onde também levou o troféu para casa. 

JONATHAN PRYCE EM 'DOIS PAPAS' 

Aos 72 anos de idade, o ator britânico concorre pela primeira vez ao Oscar. No longa-metragem dirigido por Fernando Meirelles, ele interpreta o cardeal argentino Jorge Bergoglio. Ele está decidido a pedir sua aposentadoria, pois pensa de maneira distinta e discorda da forma como o papa Bento XVI (Anthony Hopkins) tem conduzido a Igreja. 

De passagem comprada e pronto para ir à Roma, Jorge é surpreendido com o convite do próprio papa para visitá-lo. Durante o encontro, os dois debatem os rumos do catolicismo, e também as afeições e peculiaridades de cada um. Pelo papel de Bergoglio, Jonathan foi indicado à outros prêmios importantes como o Globo de Ouro e o BAFTA.

LEONARDO DICAPRIO EM 'ERA UMA VEZ EM HOLLYWOOD'

Aos 45 anos, o astro já ganhou alguns prêmios e coleciona cinco indicações ao Oscar, apesar de ter conquistado a estatueta apenas em 2016. No filme de Quentin Tarantino, DiCaprio interpreta Rick Dalton, um ator de televisão que, ao lado de seu dublê, quer ser conhecido em Hollywood. Para isso ele acaba se aproximando de muitas pessoas influentes na indústria do cinema. 

Entretanto essa aproximação acaba levando os dois aos assassinatos realizados por Charles Manson, entre eles o da atriz Sharon Tate (Margot Robbie), que na época estava grávida do diretor Roman Polanski (Rafal Zawierucha). Pelo papel de Dalton, Leonardo também foi indicado ao Globo de Ouro mas não levou o prêmio.