AnaMaria
Últimas Notícias / Violência

Thammy Miranda revela que já viu a mãe ser agredida: ''Eu não admito''

Ator Thammy Miranda afirma que a mãe, Gretchen, já foi agredida

Da Redação Publicado em 18/12/2019, às 15h31 - Atualizado às 15h31

Gretchen ao lado do filho, o ator Thammy Miranda - Instagram/@thammymiranda
Gretchen ao lado do filho, o ator Thammy Miranda - Instagram/@thammymiranda

Thammy Miranda fez um desabafo no Instagram, ao saber dos casos de violência contra a mulher, como o de Milena Bemfica, na manhã desta quarta-feira (18). 

"O que está acontecendo com os homens e a humanidade. A gente acorda com três [notícias] mulheres agredidas por briga de casa e outra por homofobia. Isso não pode mais existir na época que a gente está vivendo. Mulheres sendo agredidas só por serem mulheres", iniciou. 

"Por mais que elas não sejam sexo frágil, a mulher tem menos força que o cara. Mesmo se ela tivesse mais força, agressão não é o modo de se resolver nada", prosseguiu ele.

Após demonstrar a sua indignação com os acontecimentos, Thammy revelou que o mesmo já aconteceu com sua mãe, a cantora Gretchen. 

"Eu não admito! Já vi minha mãe ser agredida, quando eu era criança. Não consigo compreender o porquê disso ainda existir", declarou. 

Ele ainda falou sobre a Justiça precisar defender mulheres vítimas de violência. "A gente tem que pensar em leis mais severas porque as que estão em vigor não estão fazendo nenhum sentido para esses caras deixarem de serem agressores."

ENTENDA

Milena Bemfica, mulher do goleiro Jean, do São Paulo, acusou o atleta de agressão por meio de um vídeo divulgado na manhã desta quarta-feira (18). Os dois estão passando uma temporada de férias nos Estados Unidos.

"Eu estou aqui em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro", disse.

Além dela, a modelo Monick Camargo, ex-Fazenda, usou suas redes sociais, na noite da última terça-feira (17), para denunciar seu noivo, Roberto. Segundo ela, o rapaz a teria obrigado a frequentar um prostíbulo.

Nas gravações, Monick aparece chorando e com alguns hematomas no rosto, desesperada, ela narra os momentos de terror.