AnaMaria

Último filme da Disney com Cameron Boyce estreia nesta semana

Disney divulga lançamento do último filme com o ator Cameron Boyce

Da Redação Publicado em 05/08/2019, às 12h31 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Descendentes 3 - Divulgação
Descendentes 3 - Divulgação

O filme Descendentes 3, da Disney, estreia na próxima sexta-feira (09). 

A produção é a última com a participação do ator Cameron Boyce, de 20 anos, que faleceu no último dia 7 de julho. Ele é um dos protagonistas do longa.

Em Descendentes 3, filme original do Disney Channel, os filhos adolescentes dos vilões mais célebres da Disney - Mal (filha de Malévola), Evie (filha da Rainha Má), Jay (filho do Jafar) e Carlos (Cameron Boyce) - retornam à Ilha dos Perdidos, uma ilha proibida habitada pelos vilões e cercada por uma barreira mágica que inibe a magia e escape, com a intenção de recrutar um novo grupo de descendentes para se juntar a eles em Auradon, pátria de todos os heróis da Disney.

Quando uma brecha na barreira coloca em perigo a segurança de Auradon, Mal decide fechá-la permanentemente, temendo que seus arqui-inimigos, Uma (filha de Úrsula) e Hades, busquem vingança no reino. Apesar da sua decisão, uma inexplicável força maligna ameaça os habitantes de Auradon e dependerá de Mal e dos VK’s salvá-los, mas isso significará lutar na batalha mais épica de suas vidas.

MORTE 

A causa oficial da morte de Cameron Boyce foi revelada pelo Departamento de Exame Médico-Legista de Los Angeles. O relatório da autópsia confirmou que o astro da Disney morreu em decorrência de um "evento inesperado" relacionado à epilepsia. 

De acordo com o site TMZ, a polícia afirmou que o ator não havia usado drogas ou bebida alcoólica. Foi encontrado apenas o remédio Keppra, que tratava de sua condição. 

A causa da morte de Cameron não constava em sua certidão de óbito, uma vez que o médico legista precisava completar a investigação. 

O relatório ainda revelou que o jovem desenvolveu um quadro de epilepsia há três anos, e teve “muitas convulsões intensas ao longo dos anos”.