Coronavírus: veja dicas para otimizar seus dias de home office

Veja dicas para se adaptar ao home office em tempos de coronavírus

Gabriela Catan Publicado terça 17 março, 2020

Veja dicas para se adaptar ao home office em tempos de coronavírus
Coronavírus: veja dicas para melhorar seus dias de home office - Júlia Gouveia

A pandemia de COVID-19, popularmente conhecida como Coronavírus, está preocupando o mundo inteiro, especialmente por conta da alta prevalência de casos. Para tentar barrar o surgimento de novos doentes, algumas medidas de prevenção estão sendo tomadas.  

Uma delas é a opção das empresas em manter seus funcionários trabalhando de casa, no famoso esquema de home office. A medida é fundamental para evitar que a população saia às ruas e crie grandes aglomerações em locais públicos, diminuindo o perigo de contágio consideravelmente.

Para te ajudar a tornar este momento de quarentena o mais produtivo possível, AnaMaria Digital foi atrás de dicas de quem faz home-office há tempos.

A jornalista e produtora de conteúdo Júlia Gouveia, de 33 anos, trabalhou a maior parte de sua carreira em grandes redações, como o jornal Estadão e em revistas da Editora Abril. Mas decidiu, há cinco anos, virar freelancer em busca de mais qualidade de vida.

Por ser jornalista de viagens, ela ainda utiliza seu perfil no Instagram (@juliagouveinha) para compartilhar dicas de lugares, itinerários e gastronomia. Sua rotina inclui muito dias de trabalho em casa, o que a torna apta a dar algumas dicas para fazer as tarefas renderem bastante.

Confira!

1 - ESTIPULE UMA CARGA HORÁRIA
Justamente para dar uma sensação de 'expediente'. Júlia ressalta que saber o quanto tempo diariamente você precisa para fazer um trabalho ajuda muito a se organizar. “É fundamental criar uma rotina, porque se não você fica com aquele sentimento de que está de folga - e não está”, diz. E isso inclui também organizar a sua rotina diária: tenha hora para acordar, dormir e comer, encaixando seu trabalho dentro desses períodos.

2 - TENHA UMA BASE FIXA
Crie um ambiente similar ao que você teria em um escritório. Se você começar a trabalhar na cama ou no sofá, a tendência é relaxar e virar uma bagunça. Além disso, tem uma vantagem logística: ficar com tudo à mão. “Você precisa ter um lugar em que o notebook fique direto lá. Basta fechar na hora de desligar ou sentar à mesa na hora de ligar”, ressalta Júlia.

3 - ENCONTRE UM CANTO SEU    
É importante achar um lugar em que você possa se isolar totalmente e fechar a porta para se concentrar. Vale seu próprio quarto, um cômodo no fundo da casa, etc., pois quando ninguém te vê, ninguém te interrompe. “Uma ideia é alterar os turnos do trabalho: se você está com seus filhos à tarde, talvez seja melhor esperar as crianças dormirem para começar a trabalhar, nem que acorde mais tarde depois”, aconselha a jornalista. Vale ressaltar ainda que é no silêncio da noite que muita gente costuma render mais. Com isso, um trabalho que antes levaria quatro horas acaba sendo feito em duas.

4 - TIRE O PIJAMA
Enquanto você está com a roupa de dormir, ainda fica com aquela sensação preguiçosa de que o dia não começou. “Em um domingo sem nada pra fazer, é uma delícia. Mas quando se tem um expediente pela frente, eu, pelo menos, fico incomodada”, conta Júlia. E saiba que o ambiente interfere no seu estado de espírito. Se estiver tudo bagunçado, com louça suja na pia e cama desarrumada, isso pode acabar influenciando na hora do trabalho.

5 -  FAÇA PAUSAS
A "pausa do cafezinho" de quem trabalha em casa serve para colocar em dia algum afazer doméstico. “Às vezes, você descobre que lavar a louça pode ser terapêutico”, brinca Júlia. Todo mundo precisa fazer intervalos, independentemente de estar na própria residência ou no escritório. Aliás, em casa, se você é extremamente focado no trabalho, é preciso se policiar para não trabalhar além da conta.

6 - COLOQUE DESPERTADOR
É importante fixar horários porque você precisa criar uma rotina nova - e isso muitas vezes exige disciplina. Quando estamos no escritório, tem sempre um chefe "vigiando", então temos a tendência de nos auto controlar melhor. Em casa, sozinho, pode acabar virando aquela farra. O despertador é uma boa ideia.

7 - ORGANIZE AS REFEIÇÕES
Tire o fim de semana para ir ao mercado/feira e cozinhar tudo. Isso vai facilitar na hora de comer, deixar as marmitas prontas e congeladas para na hora da refeição ser mais prático. Por exemplo, deixe a salada já lavada e sequinha (dura uns 3 dias na geladeira) e alguma verdura fácil de fazer, como brócolis ou couve. “Uma boa opção é congelar bifes de frango/carne separadamente. Para quem não cozinha nada, vale procurar alguém que faça essas marmitas prontas e já fazer um estoque dela (pelo menos o suficiente para 2 semanas)”, recomenda.

8 - POR FIM, E MAIS IMPORTANTE: VOCÊ NÃO ESTÁ DE FÉRIAS
Sabe aquelas pessoas que acham que você "não trabalha" porque está em casa e não em um escritório? Saiba que, em muitas situações, trabalhamos muito mais do que estaríamos fazendo fora, pois em casa os afazeres costumam render muito mais. “Você consegue ficar focado naquilo e não perde tempo com coisas desnecessárias, como conversas paralelas”, diz. 


 

Último acesso: 11 May 2021 - 17:12:53 (1103115).