AnaMaria

“Xiii... voltou a espirrar outra vez!

Saiba proteger seu filho dos problemas respiratórios que chegam com força

Ana Bardella Publicado em 26/07/2017, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

“Xiii... voltou a espirrar outra vez! - Shutterstock
“Xiii... voltou a espirrar outra vez! - Shutterstock
O que você pode fazer para se prevenir! 

✔ Lave as mãos dos pequenos frequentemente: antes de comer, depois de tossir ou espirrar, sempre ao chegar da escola ou depois de brincar. Álcool gel só na presença de um adulto – até que a criança adquira maturidade para fazer o uso correto do produto. 
✔ Mantenha as mãozinhas deles fora da boca, dos olhos e do nariz. 
✔ Evite contato com pessoas com gripe, resfriados... 
✔ Não compartilhe objetos pessoais, como escovas de dente, talheres ou copos. 
✔ Leve seu filho para tomar a vacina contra a gripe. No SUS, ela está disponível para as crianças de 6 meses a 5 anos até dia 26 de maio. Embora não proteja contra todos os vírus, imuniza contra a influenza, que é uma das variações mais graves. 
✔ Não exponha seu filho à fumaça de cigarro. Isso prejudica a saúde! 
✔ Em dias secos, ponha uma bacia com água no quarto do filhote. 
✔ Crie o hábito de lavar o nariz da criança algumas vezes por dia – pode ser com spray de farmácia ou com soro fisiológico na seringa. Caso ele relute em deixá-la pingar o líquido, converse com calma e explique o porquê desse cuidado. Fingir que vai pingar no bichinho de pelúcia ou boneco primeiro e depois fazer o processo com ele também pode ajudar. 

Dúvidas frequentes: 

Posso dar pastilhas de vitamina para meu filho por conta própria? 
Não é necessário. Basta dormir bem, beber bastante água, se alimentar corretamente (com verduras, legumes e frutas) e praticar atividades físicas para manter a imunidade em dia. 

O que devo observar antes de matriculá-lo em uma escola? 
Preste atenção ao número de alunos por turma e nas condições da sala. O local também deve ser bem ventilado. 

Quando levar o pequeno ao hospital? 
Somente tosse e espirros não são motivos para levá-lo ao pronto socorro. Agora, caso ele apresente febre alta e cansaço, vá ao médico. Se tiver um pediatra de sua confiança, procure-o. Algumas vezes, os sintomas de alergia são confundidos com os de gripes e resfriados. Por isso é importante consultar um especialista antes de começar qualquer tratamento.