famosos   / Famosos

Duda Reis cita estupro e ameaças em depoimento contra Nego do Borel

Boletim da atriz foi divulgado por uma amiga dela nas redes sociais

Da Redação Publicado quinta 14 janeiro, 2021

Boletim da atriz foi divulgado por uma amiga dela nas redes sociais
Duda Reis e Nego do Borel travam briga judicial - Reprodução/Instagram

Duda Reis compareceu à Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, nesta quinta-feira (14), para registrar as denúncias contra seu ex-noivo, Nego do Borel

De acordo com o boletim de ocorrência, divulgado pela amiga da atriz, Vanessa Cunha, no Instagram ‘Prontofaley’, Reis acusa o cantor de estupro de vulnerável, lesão corporal, violência doméstica, ameaça e injúria.

No BO, a ex-Malhação conta que tudo começou durante o Carnaval de 2018, quando ele a agrediu pela primeira vez e resultou em lesões nos braços. Mais tarde, no mesmo dia, ele a ameaçou e seguiu com as agressões em um sambódromo.

Ainda em 2018, durante uma viagem para a Europa, Nego a teria forçado ingerir remédios para ansiedade. Momento mais tarde, quando o funkeiro chegava dos shows, a então noiva estava dormindo e ele mantinha relações sexuais sem consentimento com a mesma.

“Ela chegou mais tarde do que o combinado e ele ameaçou ela com a faca... Outro dia, em outra briga, ele empurrou ela e machucou as costas! Como a Duda tomava remédio pra ficar dopada pra não ver o que ele fazia a noite e não sofrer, ele chegava de madrugada, com ela dopada, e mantinha relações sexuais com a mesma sem o consentimento (eu sou testemunha disso)”, contou Vanessa via Instagram.

Em outro trecho do BO, acessado pelo UOL, a atriz dá mais detalhes das violências.

"Em uma crise de ciúme, o autor a agrediu com pontapés na perna e arrebentou a 'cabeçadas' a porta do local. Eram corriqueiros os danos a objetos da residência durante as crises de ciúme, e o mesmo dizia que quebraria os objetos para não ter que 'quebrar a vítima' [sic]. Eram comuns ameaças de morte à vítima e que o mesmo dizia que bateria o veículo e se mataria. Que acelerava o veículo em direção a postes e desviava, deixando a vítima em pânico”, diz o texto.

Último acesso: 25 Jan 2021 - 05:29:01 (1136718).