AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Mais viva que nunca!

Fafá de Belém desmente notícia falsa sobre sua morte: ''Quem inventou vai antes''

Cantora Fafá de Belém deu risada ao saber de fake news e avisou que está 'vivinha da Silva'

Da Redação Publicado em 29/03/2022, às 18h41

Bem humorada, Fafá de Belém debocha de notícia falsa sobre sua morte - Divulgação/TV Globo
Bem humorada, Fafá de Belém debocha de notícia falsa sobre sua morte - Divulgação/TV Globo

A cantora Fafá de Belém usou as redes sociais, na tarde desta terça-feira (29), para esclarecer um boato para lá de inusitado com seu nome.

Acontece que Fafá soube que circulava na web uma notícia informando nada mais nada menos que sua morte, fato que logo foi desmentido por ela.

No Instagram, a artista compartilhou um vídeo em que aparece mais viva que nunca e, com sua risada única, ela falou sobre o assunto.

"Bom dia, alegria gente. Eu acabei de saber que eu morri. Recebi essa notícia. Rapaz, a indústria da fake news não para, eles estão completamente loucos, imagina se eu ia morrer antes do final do 'The Voice'", brincou ela na gravação.

"Quem inventou vai bem antes de mim. Querido, vai procurar tua turma. Aos meus amigos, meus amores, estou aqui vivinha da silva. Até já, um dia de luz pra todos", completou a cantora.

Muito bem-humorada, como de costume, ela ainda escreveu na legenda: "A titia tá on! Para a tristeza de alguns e alegria de muitos! Cuidado com as fake news! E 'vambora' porque enquanto eles ladram, a gente desfila!".

OPINOU SOBRE ELEIÇÕES

Fafá de Belém demonstrou otimismo ao comentar as eleições presidenciais em entrevista à revista 29Horas. A cantora acredita que um novo presidente poderá trazer esperanças aos brasileiros.

"Com uma troca no comando, tenho certeza de que as coisas vão voltar aos trilhos e a alegria vai ressurgir", declarou Fafá, sem fazer menção direta aos seus posicionamentos políticos ou opções de votos.

Em seguida, a artista completou: "As eleições estão chegando. É nessa hora que devemos agir pela mudança. O voto é a nossa arma e devemos usá-lo de maneira inteligente e responsável. As outras armas devem ficar guardadinhas em seus coldres e bainhas, bem longe disso tudo" - em referência à política armamentista de Jair Bolsonaro (PL).

Vale destacar que as Eleições 2022 estão agendadas para 2 de outubro em todo o país. Nelas, serão eleitos o presidente e os governadores dos estados. Entre os possíveis candidatos à presidência estão: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Sérgio Moro (PODE) e João Dória (PSDB).

{# Taboola Newsroom #}