AnaMaria
Famosos / Desabafo

Indignado, pai de MC Kevin fala sobre a morte do filho: ''Ninguém fez nada para evitar''

Perícia concluiu que a morte do funkeiro foi um acidente

Da Redação Publicado em 25/05/2021, às 10h28 - Atualizado às 10h28

Pai de MC Kevin fala sobre a morte do filho - Instagram/@agnaldo_bueno5 e @mckevin
Pai de MC Kevin fala sobre a morte do filho - Instagram/@agnaldo_bueno5 e @mckevin

Pouco mais de uma semana após a fatalidade que tirou a vida de MC Kevin - que caiu da varanda do 5° andar do hotel onde estava hospedado - o assunto continua sendo muito discutido na internet. Dessa vez, quem usou as redes sociais para demonstrar toda sua indignação foi Agnaldo Bueno, pai do funkeiro, que ao assistir a reportagem do filho no ‘Balanço Geral RJ’, afirmou que sua morte poderia ter sido evitada pelos amigos.

Nos registros transmitidos pelo programa, Kevin aparece bêbado na praia, quase sem conseguir se manter em pé, com alguns ‘parceiros’ próximos. “Só sei chorar toda vez que eu vejo a imagem do meu filho na televisão. Ver a situação que ele estava ali, caindo, não estava aguentando nem ficar em pé. Um monte de gente ali, não quero citar nome nenhum, mas o pessoal podia ter pegado ele, levado pra casa”, começou desabafando o patriarca.

Na sequência, afirmou que os amigos do funkeiro poderiam ter tomado alguma atitude diante da situação: “Aquele momento o pessoal tinha que estar tomando conta dele, viu que ele não tinha condições de ficar em pé, era pra ter recolhido ele e falado: ‘Kevin, vai para o quarto lá com a Deolane [esposa]’”.

“Só isso que tenho pra dizer, é muito dolorido ver essas imagens da situação que ele estava e ninguém fez nada para evitar a fatalidade que aconteceu. Para mim é muita dor, choro muito ainda”, completou.

Na ocasião, Agnaldo ainda falou sobre o relacionamento do filho com Deolane Bezerra - com quem Kevin havia se casado pouco antes de morrer - e defendeu a nora dos ataques de ódio que vem recebendo. “Eles tiveram momentos muito felizes. Infelizmente, aconteceu essa fatalidade. Ela não tem culpa.  Queria pedir para pararem de atacar a Deolane, o que ela é ou o que deixa de fazer. Ela está sofrendo também, era o amor da vida dela”, declarou.

“Tenham um pouco de compaixão no coração de vocês. E para os debochados, que não têm o que fazer para ficar falando mal da vida dos outros, se você não tem o que fazer pra ficar falando merda, pegue a Bíblia, vamos ler a palavra de Deus”, finalizou.