AnaMaria
Famosos / Homofobia

Leão Lobo relembra agressão por ser gay: ''Pior momento da minha vida''

Apresentador perdeu oportunidades de trabalho por conta da orientação sexual

Da Redação Publicado em 13/11/2020, às 10h56 - Atualizado às 13h54

Leão Lobo relembra agressão por ser gay - Divulgação
Leão Lobo relembra agressão por ser gay - Divulgação

Leão Lobo abriu o jogo a respeito de sua sexualidade durante o 'Sensacional', de Daniela Albuquerque, na última quinta-feira (12).

Na ocasião, ele disse que já "apanhou muito nas ruas" pelo fato de ser gay, e o primeiro da televisão a se assumir.

"Eu fiz uma peça com a Roberta Close, e eu já era gay assumido. Ela [Roberta] deu a ideia, 'vamos fazer uma capa de Caras dizendo que estamos namorando'. Ela sacou que eu estava apaixonado, mas eu disse que não brincava com isso. O marido dela estava viajando e que ela tinha de respeitar. Eu estava envolvido de verdade", contou.

Na sequência, o apresentador disse que ter se assumido lhe fechou muitas portas, além de já ter sido espancado por conta da orientação.

"Tive problemas no mercado publicitário. Na época, precisava ter uma mulher apresentando o programa com você ou o cliente não iria querer anunciar", relembrou.

Por fim, ele definiu uma das agressões, em que foi abusado por cinco homens, como "o pior momento de sua vida".

"Achei que iria morrer. Foi uma coisa estranha que por um tempo esqueci, apaguei o que aconteceu. Só fui lembrar de novo quando comecei a fazer terapia. Foi muito doloroso, e até hoje me dói", completou.