AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / QUE HONRA!

No Grammy, Anitta ganha elogio de Viola Davis; saiba qual

Anitta recebeu recebeu elogio de Viola Davis, uma das maiores atrizes de Hollywood

Redação Publicado em 07/02/2023, às 14h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Anitta ganhou um elogio de Viola Davis que chocou os internautas - Instagram/@anitta e @violadavis
Anitta ganhou um elogio de Viola Davis que chocou os internautas - Instagram/@anitta e @violadavis

É ela! Anitta esteve entre os nomes mais comentados das redes sociais após sua ida ao Grammy no último domingo (5). Apesar de não ter vencido o prêmio ao qual concorreu, a cantora ganhou um elogio mais que precioso de Viola Davis, atriz quatro vezes vencedora do Oscar. 

Segundo o jornal O Globo, a artista teria passado ao lado da brasileira e admitido: “Sou sua fã. Vi seu documentário na Netflix”. Na última segunda-feira (6), ambas passaram a se seguir mutualmente no Instagram.

O documentário citado é 'Anitta: Made In Honorio', uma produção original da Netflix que conta a trajetória da funkeira da periferia até os palcos mais cobiçados pelas estrelas. A artista, que iniciou sua carreira cantando em bailes funks, fez história no último ano com sua música 'Envolver' reinando no topo das paradas mundiais.

A carioca concorreu ao gramofone na categoria Artista Revelação do ano, mas foi ultrapassada pela cantora de jazz Samara Joy. Entre os outros indicados estavam Latto, rapper estadunidense, Måneskin, banda italiana que fez sucesso com a regravação de 'Beggin', Muni Long, DOMi & JD Beck, Tobe Nwigwe, Omar Apollo, Molly Tuttle e os britânicos Wet Leg.

ABRINDO PORTAS

Mesmo não tendo levado o prêmio para casa, Anitta fez história como a primeira brasileira em 49 anos a ser indicada a uma categoria principal no prêmio.

Em entrevista para a TNT antes do ínicio da premiação, ela desabafou sobre seu sentimentos: "Menina, é uma loucura. Me sinto fazendo história. 50 anos que o Brasil não é nomeado em uma categoria do Grammy. Quase 50, faz 49. É tanto trabalho, a gente escuta tanto não. Estou super feliz. Eu acho que a determinação e a vontade de conseguir é a mesma. Eu vou atrás, estudo até que realmente eu esteja ali... É um caminho muito grande e não tinha ninguém que a gente olhava. Espero que isso abra espaços para um montão de brasileiros".

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!