AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Pré-candidato, Jair Bolsonaro não dará entrevista para o Jornal Nacional

O militar não concordou com regra imposta pelo noticiário de participar da sabatina nos estúdios Globo

Da redação Publicado em 05/08/2022, às 09h44

Bolsonaro não dará entrevista para o Jornal Nacional - Instagram/@jairmessiasbolsonaro
Bolsonaro não dará entrevista para o Jornal Nacional - Instagram/@jairmessiasbolsonaro

Jair Bolsonaro (PL), pré-candidato à presidência da República, rejeitou uma regra imposta pelo Jornal Nacional, da TV Globo, e está de fora da série de entrevistas que o noticiário fará com os presidenciáveis de 2022.

Foram convidados os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto Datafolha em 28 de julho: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante).

Em 1º de agosto, o jornal realizou um sorteio com os representantes dos partidos, definindo as datas e ordem das entrevistas, que serão realizadas nos estúdios Globo - desde 2014, a emissora prefere receber os candidatos para demonstrar que todos são tratados em igualdade de condições. Com isso, cada um deveria confirmar a participação até o dia 4 de agosto.

Entretanto, Bolsonaro não aceitou as regras da entrevista. Apesar de saber que as sabatinas seriam feitas presencialmente, a assessoria do presidente condicionou a concessão da entrevista para que fosse realizada no Palácio da Alvorada, em Brasília (DF), alegando compromissos de campanha anteriormente assumidos. Além disso, a assessoria de Bolsonaro argumentou que Lula e Dilma Rousseff (PT) foram entrevistados do Alvorada quando estavam na Presidência e disputavam a reeleição, fato que ocorreu até 2014.

A Globo afirmou ainda que o calendário das entrevistas com candidatos foi informado aos partidos em abril. Diante das regras, a emissora rejeitou o pedido e, por isso, a sabatina não será realizada.

Flávio Bolsonaro (PL) chegou a afirmar que o pai seria entrevistado pelo noticiário no próximo dia 22, informação que foi negada pela emissora em reportagem publicada na madrugada desta sexta-feira (5).

A emissora ressaltou que Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) aceitaram as condições e serão entrevistados em seus estúdios. A previsão é que as entrevistas durem 40 minutos cada. As datas serão divulgadas em breve.