AnaMaria

Vera Fischer faz desabafo sobre machismo nos anos 1970: ''Fui abusada''

A artista explicou que contou com o apoio da família para seguir em frente

Da Redação Publicado em 20/06/2021, às 10h33 - Atualizado às 10h33

Vera Fischer foi Miss Brasil em 1969 - Globo/Cinemateca Brasileira
Vera Fischer foi Miss Brasil em 1969 - Globo/Cinemateca Brasileira

A atriz Vera Fischer foi uma das convidadas do ‘Altas Horas’ (TV Globo) do último sábado (19). Na atração que reuniu mais artistas e famosas mulheres, a Miss Brasil 1969 relembrou alguns episódios de machismo que sofreu na época, principalmente por ser uma jovem de 17 anos. Segundo ela, o assunto não era muito comentado, mas as cicatrizes psicológicas permaneceram.

"Comecei no início dos anos 70, quando o machismo estava gritando. Acho que, mais psicologicamente, fui abusada, e isso me deixou muito para dentro. Eu era muito tímida e não era moda falar ou reclamar sobre isso naquela época”, explicou.

Mesmo não tendo sofrido agressões físicas, Fischer lamentou os danos mentais: "Não foi nada tão traumático fisicamente, foi mais o meu psicológico, gente dizendo ‘ela é uma loira burra gostosa, então a gente pode tudo’, ‘ela usa minissaia, usa shortinho, a gente pode atacar’"

"Isso dá o direito de a pessoa vir implicar comigo e querer passar a mão em mim? Não dá. Você pode se vestir como quiser, ter a idade que tiver, dizer o que quiser. É a sua vida. Isso mexeu comigo, com a minha mente, com o meu psicológico", ressaltou.

A loira acredita que a família foi seu grande alicerce na hora de enfrentar os problemas que vieram com a fama repentina e sua carreira de atriz. 

"Graças a Deus, minha família sempre foi muito forte, muito severa e muito humana. Então, isso me deu um norte, fez com que eu me tornasse uma pessoa, aos poucos, mais compreensiva e também muito corajosa e muito forte", agradeceu.