AnaMaria
Últimas Notícias / Maternidade

Aos 52 anos, Claudia Raia fala que congelou óvulos porque ainda quer ser mãe

Atriz Claudia Raia defendeu que não há idade para ser mãe, e sim desejo

Da Redação Publicado em 15/05/2019, às 11h46 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Claudia falou sobre maternidade nos bastidores do "Domingão" - Reprodução/Instagram
Claudia falou sobre maternidade nos bastidores do "Domingão" - Reprodução/Instagram

Durante os bastidores do "Domingão", no qual participa como jurada do "Show dos Famosos", Claudia Raia conversou com o Gshow sobre um de seus papéis favoritos: o de mãe.

Casada há seis meses com o ator Jarbas Homem de Mello, ela contou que a vontade de ter filhos chegou apenas com a experiência de vida.

"Acho que a maternidade veio com a minha maturidade. Engravidei do Enzo quando tinha 29 anos e tive ele com 30, e a Sophia eu tive com 36, mais experiente", explicou ela. 

Aos 52 anos, Claudia optou por congelar seus óvulos, caso decida ser mãe novamente um dia. Ela disse não acreditar na idade certa, e sim no poder de escolha.

"Sou uma apoiadora dessa mulher 50+. É uma mulher que está totalmente empoderada, está com poder de compra, porque já tem dinheiro e a vida dela organizada, com os filhos criados. Então é uma mulher que tem liberdade de escolha".

FERTILIDADE
A jurada também defendeu o congelamento dos óvulos, afirmando que muitas mulheres jovens procuram estabilidade antes da formação de uma família.

"Essa coisa de você parar de ser fértil aos 45 anos, eu acho uma crueldade, porque você simplesmente limita a mulher de ter a maior emoção da vida dela", completou.

A atriz também aproveitou para dar um recado à todas as mulheres.

"Nós somos mulheres e mulheres podem tudo! Têm que ser homenageadas, têm que ser aplaudidas. Então, parabéns a todas as mulheres, as que são mães e as que não querem ser, porque aí é que está o empoderamento feminino, na sua escolha", finalizou.