AnaMaria
Últimas Notícias / rescisão de contrato

Após polêmicas, Nego do Borel é demitido de gravadora

Nego do Borel é demitido de gravadora após polêmicas, diz colunista

Da Redação Publicado em 21/12/2019, às 11h30

A Sony Music não é mais a gravadora do cantor - Instagram/@negodoborel
A Sony Music não é mais a gravadora do cantor - Instagram/@negodoborel

Depois de quatro anos de parceria, a gravadora Sony Music decidiu encerrar o contrato com o cantor Nego do Borel

De acordo com informações do Jornal Extra, em matéria divulgada neste sábado (21), o motivo seria as confusões que o cantor se envolveu nos últimos tempos. 

Em uma reunião a portas fechadas com o presidente da empresa, foi discutido os problemas de relacionamento que Nego do Borel teria com a equipe, falta de resultados esperados e polêmicas em sua vida social. 

Para quem não lembra, o cantor fez comentários transfóbicos sobre Luisa Miralac em janeiro deste ano. Os internautas também o acusaram de fazer Pink Money, nome dado quando um artista usa a causa LGBT unicamente para lucrar, já que ele fez um clipe vestido de mulher e beijando um homem. 

Em nota, a assessoria de imprensa falou sobre o caso, mas afirmou que a decisão foi em comum acordo. 

"O cantor Nego do Borel, através de sua assessoria de imprensa, confirma a rescisão de contrato com a gravadora Sony Music. A decisão pelo fim da parceria, que teve início em agosto de 2015, aconteceu em comum acordo entre as partes. O artista, que é um dos nomes do cenário no funk da atualidade, está muito feliz e grato a todos os trabalhos que foram feitos neste período, mas se prepara para novos desafios e em breve anunciará as novidades".