AnaMaria
Últimas Notícias / Oscar 1999

Atriz americana Glenn Close diz que Fernanda Montenegro foi ‘injustiçada’ no Oscar

Veterana citou a época que a brasileira foi indicada à premiação, mas perdeu

Da Redação Publicado em 24/11/2020, às 13h18 - Atualizado em 09/12/2020, às 10h10

Glenn Close e Fernanda Montenegro - Divulgação
Glenn Close e Fernanda Montenegro - Divulgação

A nomeação de Fernanda Montenegro ao Oscar de 1999 foi relembrada pela atriz norte-americana Glenn Close, conhecida por seus grandes papéis em ‘Atração Fatal’ e ‘101 Dálmatas’.

Recentemente, Close deu uma entrevista para o canal ABC e afirmou que a brasileira deveria ter levado o Oscar de Melhor Atriz por sua performance no filme ‘Central do Brasil’, de Walter Salles.

Tudo começou quando ela foi questionada sobre como encara a opinião dos críticas sobre essas premiações.

"Honestamente, eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu lembro aquele ano em que Gwyneth Paltrow ganhou da aquela atriz incrível de 'Central do Brasil.' Eu pensei: ‘O quê?’. Isso não faz sentido", afirmou.

Na 71ª cerimônia do Oscar, o Brasil foi indicado em duas categorias: na de Melhor Filme Estrangeiro, também com ‘Central do Brasil’ e em Melhor Atriz.

Quem concorria ao prêmio com Fernanda eram Cate Blanchett, Maryl Streep, Emily Watson e Gwyneth Paltrow. A última levou a melhor por sua atuação em ‘Shakespeare Apaixonado’.

ESTREIA

Glenn Close estreia um novo filme ao lado de Amy Adams na Netlifx, nesta terça-feira (24). ‘Era Uma Vez Um Sonho’ conta a história da família Vence, que se muda para Ohio na esperança de viver longe da pobreza. 

O membro mais jovem do grupo cresce e se torna um estudante de direito na universidade de Yale. Um dia ele é obrigado a retornar para sua cidade natal e se depara com a dura realidade de sua família.