AnaMaria

Glória Pires ganha processo e empresa tem de pagar mais de R$ 1 milhão à atriz

Empresa estava usando a imagem da atriz sem autorização

Da Redação Publicado em 18/01/2019, às 19h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

O último trabalho de Pires foi no folhetim de Walcyr Carrasco, 'O Outro Lado do Paraíso'. - Reprodução/ Instagram
O último trabalho de Pires foi no folhetim de Walcyr Carrasco, 'O Outro Lado do Paraíso'. - Reprodução/ Instagram

A Nutralogistic, empresa do ramo da beleza, estava usando a imagem de Glória Pires em campanhas publicitárias na internet sem a devida autorização da atriz. A artista processou a empresa, que agora tem de pagar R$ 1.161.589,65 de indenização. 

A juíza Maria Cristina Slaibi, da 3º Vara Cível do Rio, foi a responsável pela decisão. Maria apontou que o uso da imagem da atriz incentiva fãs da mesma a comprarem o produto - um creme anti-rugas -, achando que ela faz o uso da substância.

Ano passado, a mesma empresa foi condenada a pagar R$ 40 mil para a atriz por danos morais - com o valor atualizado, a quantia chegou a 80 mil -. O processo era na verdade de 2012, mas houve reajuste.

Glória está afastada da TV desde o fim de ‘O Outro Lado do Paraíso’, quando deu vida à Beth, mãe de Clara (Bianca Bin) e Adriana (Julia Dalavia). A personagem teve de forjar a morte para fugir de um crime e enfrentou problemas com o álcool.