AnaMaria

Junior afirma ter tido síndrome do pânico após fim da dupla: ''Nunca é mil maravilhas''

Após o fim da dupla com Sandy, Junior revela ter tido síndrome do pânico: ''Nunca é mil maravilhas''

Da Redação Publicado em 13/08/2019, às 17h10 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Sandy & Junior - Reprodução/Instagram
Sandy & Junior - Reprodução/Instagram

O cantor Junior Lima contou que teve síndrome do pânico durante entrevista exclusiva para o canal da apresentadora Sabrina Sato no Youtube. 

O problema aconteceu quando ele encerrou sua dupla com a irmã, Sandy. "Nunca é mil maravilhas. Tive minha fase meio ‘deprê’. Tive pânico. Tive um monte de coisa”, alegou.

Além disso, Junior relembrou as dificuldades dos anos de maior sucesso da dupla: “Era tudo tão intenso e grandioso que eu não consegui absorver as coisas. Meio que me anestesiava e não conseguia sentir as coisas”, disse. 

Junior também contou que a fama e o dinheiro afetaram diretamente a sua vida e era a sua mãe quem tinha o papel de trazê-lo de volta a realidade. 

“Minha mãe controlava (os mimos). Às vezes, as pessoas ficavam me paparicando e tal. Aí, quando a gente ficava sozinho ela dizia: ‘Você sabe, né... as pessoas se empolgam, querem te agradar. Você sabe que não é tudo isso, né? Não acredite em tudo o que te falam’. Isso por um lado me deixou inseguro. Mas aí eu fui trabalhar isso na terapia, entender e resolver”, ressaltou.

O cantor, que está rodando o Brasil ao lado da irmã com a turnê Nossa História, garantiu ainda que, apesar das dificuldades, ter uma carreira solo foi essencial para o desenvolvimento de ambos.