AnaMaria

Kelly Key relata tratamento contra câncer de pele: ''Precisamos nos cuidar''

A cantora aproveitou o desabafo para deixar um recado aos seguidores

Da Redação Publicado em 18/05/2020, às 16h42 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

''Acredito que já não tenho mais nada'', falou a artista - Instagram/@oficialkellykey
''Acredito que já não tenho mais nada'', falou a artista - Instagram/@oficialkellykey

Kelly Key usou as redes sociais, nesta segunda-feira (18), para compartilhar um relato sobre o tratamento contra o câncer de pele.

"Para quem não sabe, fiz três pequenos procedimentos, em três momentos diferentes. Em novembro do ano passado, fizemos apenas uma pequena biópsia de uma lesão da face próxima ao nariz (um pequeno pedaço para sabermos o diagnóstico). Em fevereiro deste ano, retiramos essa lesão pois o resultado mostrou malignidade (câncer) pouquíssimo agressiva (confirmado até com imuno-histoquímica), mas precisei retirar a lesão", iniciou, ao relembrar os procedimentos.

"Aproveitamos para fazer uma 'varredura' tanto no rosto quanto no corpo... Nesse dia, retiramos mais quatro lesões: outra na face e outras três lesões pelo corpo. Faz algumas semanas que tivemos o resultado dessas cinco biópsias (aquela primeira que eu descobri, ainda tinha bordas laterais comprometidas, sem lesão profunda, e retiramos essas bordas). A outra do rosto era pré-cancerígena e das três do corpo, uma era pré cancerígena e as outras duas não tinham malignidade)", continuou.

Ainda no relato, a cantora disse que acha que não precisará passar por mais precedimentos. "Acredito que já não tenho mais nada e que mais nenhum procedimento seja necessário, hoje tirei meus pontos! Mas os cuidados serão eternos e todos precisamos nos cuidar", contou.

Por fim, deixou um recado aos seguidores: "Muitas pessoas sabem disso, mas preferem ignorar. Não ignore! Se cuide! Precisamos falar sobre o câncer de pele. E minha missão daqui para frente será essa! Você sabia que o câncer de pele corresponde a 25% de TODOS os diagnósticos de câncer no Brasil? O Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano cerca de 135 MIL novos casos", alertou.