AnaMaria

Qual é o tema da Campanha da Fraternidade 2022, que começa nesta quarta?

Ao redor do Brasil, instituições católicas de ensino se juntam à Campanha da Fraternidade

Da Redação Publicado em 01/03/2022, às 08h20

Campanha da Fraternidade começa nesta quarta-feira (2). - Lennon Caranzo/Unsplash
Campanha da Fraternidade começa nesta quarta-feira (2). - Lennon Caranzo/Unsplash

A Campanha de Fraternidade 2022: Fraternidade e Educação começa nesta quarta-feira, 2 de março, a Quarta-Feira de Cinzas. Para este ano, o lema é: “Fala com sabedoria, ensina com amor”, algo alinhado com a missão de evangelizar crianças e jovens por meio da educação.

Assim, o principal objetivo da campanha é “promover diálogos a partir da realidade educativa do Brasil, à luz da fé cristã, propondo caminhos em favor do humanismo integral e solidário”.

Ao redor do Brasil, instituições católicas de ensino se juntam à Campanha, promovendo ações sociais e pedagógicas, com base no tema do ano. Além disso, a Campanha tem a Coleta da Solidariedade, realizada no Domingo de Ramos, 10 de abril de 2022.

Nesta ocasião, todas doações em dinheiro realizadas pelos fiéis são direcionadas ao Fundo Nacional e Diocesano de Solidariedade (FNS), que usa esses valores para ações sociais.

COMO COMEÇOU?

De acordo com a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), a Campanha da Fraternidade nasceu por iniciativa de Dom Eugênio de Araújo Sales, em Nísia Floresta, Arquidiocese de Natal (RN), como expressão da caridade e da solidariedade em favor da dignidade da pessoa humana, dos filhos e filhas de Deus.

Assumida pelas igrejas no Brasil, a Campanha da Fraternidade tornou-se expressão de comunhão, conversão e partilha. Comunhão na busca de construir uma verdadeira fraternidade; conversão na tentativa de deixar-se transformar pela vida fecundada pelo Evangelho; partilha como visibilização do Reino de Deus que recorda a ação da fé, o esforço do amor, a constância na esperança em Cristo Jesus.

De forma geral, a Campanha da Fraternidade tem hoje os seguintes objetivos permanentes:

  1. Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem comum;
  2. Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho;
  3. Renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária (todos devem evangelizar e todos devem sustentar a ação evangelizadora e libertadora da Igreja)”.