AnaMaria
Últimas Notícias / POLÍTICA

Regina Duarte deixa comando da Secretaria da Cultura e Bolsonaro explica o motivo

''Sente falta da família'', esclareceu o presidente; atriz assumirá a Cinemateca Brasileira

Da Redação Publicado em 20/05/2020, às 10h47 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Em um vídeo de quase 2 minutos, os dois esclarecem os pontos - Instagram/@jairmessiasbolsonaro
Em um vídeo de quase 2 minutos, os dois esclarecem os pontos - Instagram/@jairmessiasbolsonaro

Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quarta-feira (20) que Regina Duarte deixa o comando do cargo de secretária especial de Cultura. Nas redes sociais, o presidente explicou o motivo, em um vídeo de quase dois minutos, e afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", afirmou o político.

Em seguida, a atriz, que também está presente nas imagens, comentou que o novo cargo é um sonho para qualquer pessoa com sua formação e agradeceu a oportunidade.

"Acabo de ganhar um presente, que é um sonho de qualquer pessoa de comunicação, de audiovisual, de cinema, de teatro: um convite para fazer cinemateca, que é um braço da cultura que funciona lá em São Paulo, e é um museu de toda a filmografia brasileiro, ficar ali, secretariando o governo dentro da cultura na cinemateca. Pode ter presente melhor do que esse? Obrigado, presidente", disse Regina.

Ainda  na publicação, Bolsonaro disse que está chateado por Duarte se afastar de Brasília, mas fica feliz pela nova posição. 

"Pode ter certeza de uma coisa, eu acho que você quer ajudar o Brasil e o que eu mais quero é o seu bem, pelo seu passado, por aquilo que você representa para todos nós. Ir para a cinemateca, do lado do teu apartamento ali em São Paulo, você vai ser feliz e produzir muito mais, eu fico muito feliz com isso. Chateado porque você se afasta do convívio nosso em Brasília", afirmou o presidente.

SUBSTITUTO?

Na última terça-feira (19), o político usou o seu perfil do Twitter para compartilhar um trecho da entrevista de Mário Frias para o canal CNN Brasil, em que o ator de 'Malhação' elogia Bolsonaro e diz que está “disponível para o Brasil, se for preciso”. O ator e o presidente chegaram a almoçar juntos, mas até o momento não há uma posição oficial.