AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Como montar uma tábua de queijos para as ceias de final de ano

Uma tábua completa deve ter pelo menos cinco tipos de queijos

Da Redação Publicado em 23/12/2018, às 07h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Tábua de queijos é uma opção diferente - Divulgação
Tábua de queijos é uma opção diferente - Divulgação

Em qualquer lugar do mundo, as festas de fim de ano costumam ser um motivo para reunir pessoas queridas. Mas cada país segue uma tradição. 

Na França, por exemplo, os habitantes gostam de montar a mesa usando moldes cortadores com formato de estrelas, árvores de natal e sinos, além de diversos tipos de queijos com motivos natalinos, misturando-os com frutas in natura ou secas, geleias, nozes e outras guloseimas. 

Para você inovar na ceia e receber a família e amigos nas festas deste ano, AnaMaria conversou com a Tirolez para descobrir como montar uma tábua de queijos especiais. Vamos lá?

MASSA FIRME
O primeiro passo é escolher os queijos certos. Como no Brasil o Natal acontece em pleno verão, os melhores tipos são os de massa mais firme, que resistem bem fora da geladeira e entregam mais sabor quando são consumidos em temperatura ambiente. Por isso, é melhor evitar queijos frescos. Uma tábua completa deve ter pelo menos cinco tipos de queijos com sabores bem diferentes. 

As sugestões são: Gorgonzola, que é picante, salgado e combina bem com sabores adocicados, como uvas, mel e cerejas; Reino, também picante e com uma textura firme, que derrete na boca e fica saboroso quando harmonizado com frutas in natura, geleias de frutas ou de cebola caramelizada; Emmental, de sabor suave, ligeiramente adocicado e com olhaduras (furinhos), que dão um charme extra para a mesa; Provolone, que tem sabor bem característico, lácteo e defumado; e Edam, que, com seu sabor adocicado, vai muito bem com frutas frescas ou secas.

COMO MONTAR A TÁBUA?

  • Deixe os queijos já posicionados, o que vai facilitar que os convidados se sirvam. Uma dica charmosa é utilizar cortadores de biscoitos para dar forma aos queijos; ou corte em forma triangular, lembrando a árvore de Natal. Fatie o queijo com espessura aproximada de um dedo (1 centímetro) antes do corte no formato escolhido;
  • As cores típicas do Natal são o vermelho e o verde. Por isso, aproveite a casquinha do queijo Edam para dar cor à mesa. Ela é feita com corante alimentício e pode ser consumida. Mas, nessa hora da decoração o que importa mesmo é a sua criatividade;
  • Todos os queijos combinam com as frutas secas típicas do Natal, como damascos, tâmaras, uvas e ameixas. Elas complementam bem a tábua de queijos, junto com nozes, castanhas e amêndoas;
  • Vinhos brancos secos, como os feitos com as uvas Sauvignon Blanc ou Chardonay combinam bem com queijos. Esses vinhos devem ser servidos gelados e são ideais para esta época do ano;
  • Para o Gorgonzola, a combinação mais clássica é o vinho do Porto, bem adocicado. Ele também pode ser resfriado antes de servir;
  • Caso queira, vale colocar plaquinhas escritas a mão, indicando quais são os tipos de queijos servidos;
  • Não desperdice as aparas dos queijos que foram cortados em formatos natalinos. Utilize para enriquecer seus molhos.
{# Taboola Newsroom #}