AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Qual o tipo de escova certo para cada momento e/ou tipo de cabelo?

AnaMaria aprendeu sobre o tipo de escova certo com os especialistas da Marco Boni

Tipo de cerdas, material e formato fazem completamente a diferença no resultado - Freepik
Tipo de cerdas, material e formato fazem completamente a diferença no resultado - Freepik

Escovas de cabelo são itens tão comuns em nossas rotinas que mal paramos para pensar sobre a diferença que elas fazem no aspecto dos nossos fios, certo? E se eu te contar que existe uma escova certa para cada momento e/ou tipo de cabelo?

AnaMaria Digital fez uma visita especial à fábrica da Marco Boni em Cotia (SP) e aprendeu tudo sobre o universo das escovas de cabelo com o hairstylistRobson Jassa e com o líder de marketing Nilson Ribeiro. Confira algumas dicas para escolher o modelo ideal!

DIFERENTES TIPOS DE CERDAS

As cerdas são consideradas a alma das escovas! Apesar de parecerem todas iguais, fazem uma grande diferença no resultado da escovação. Os dois tipos principais são as naturais e as sintéticas.

As primeiras são capazes de proporcionar mais brilhos aos fios. Além disso, conseguem controlar o volume, o frizz e a oleosidade. Uma curiosidade é que, na Marco Boni, algumas escovas são feitas a partir do pelo de javalis – que recebem uma alimentação especial conforme o tipo de cerda desejado.

Quanto às segundas, existem modelos de plástico, nylon ou madeira. Elas são mais indicadas para modelar as madeixas do que as naturais. Existem também as escovas mistas, as quais agregam os benefícios de ambos os tipos.

DIFERENTES FORMATOS E MATERIAIS

  • ESCOVA RÍGIDA X ESCOVA ALMOFADADA

O plástico que compõe as escovas mais rígidas é o material ideal para desembaraçar os cabelos molhados – seja durante o banho ou logo após a lavagem dos cabelos. Isso porque ele é mais resistente e garante mais durabilidade às escovas. Uma dica para acabar com os nós é utilizar o produto na vertical, não na horizontal.

Já os cabelos secos podem se adaptar mais às escovas de borracha, aquelas com a base almofada, sabe? Essa dica vale especialmente para quem utiliza apliques, mega hair ou possui os fios mais grossos. Uma característica em comum entre a maioria desses modelos é que possuem bolinhas nas pontas das cerdas para não machucar o couro cabeludo.

  • ESCOVA DE CERÂMICA X ESCOVA METÁLICA

Entramos agora na categoria das escovas cilíndricas, também chamadas de escovas térmicas. Elas são ideais para trazer forma aos cabelos – uma vez que possuem a capacidade de absorver o calor do secador.

O modelo de cerâmica é mais indicado para quem busca alisar os fios. Cabelos mais grossos são os que mais aproveitam seus efeitos. Enquanto isso, as escovas metálicas são melhores para modelar, sendo indicadas para todos os tipos de madeixas.

  • ESCOVA POLVO

O modelo ganhou fama e conquistou os corações das crespas e cacheadas nos últimos tempos. O motivo (que também justifica o nome exótico) é que as cerdas se separam em vários ‘braços’ que acompanham a curvatura dos fios. Dessa maneira, conseguem desfazer os nós sem puxar ou quebrar os cabelos.

DICA EXTRA: COMO HIGIENIZAR AS ESCOVAS CORRETAMENTE?

Conforme Robson Jassa, a melhor maneira de higienizar as escovas é com álcool 70%. Basta utilizar um borrifador com o produto em toda a escova sempre que necessário, deixando secar antes do uso. Assim, você garante mais durabilidade ao acessório e, principalmente, mais saúde aos seus fios – que ficaram livres de fungos e bactérias.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!