AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Família/Filhos / Educação

Seu filho adolescente não quer estudar? Aprenda a motivá-lo

É preciso identificar o que está acontecendo para tentar tirá-lo dessa situação

Roberta Cerasoli Publicado em 16/10/2022, às 08h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
É importante entender as causas da desmotivação e não expor o adolescente por não estudar - Unsplash/Ying Ge
É importante entender as causas da desmotivação e não expor o adolescente por não estudar - Unsplash/Ying Ge

Adolescentes não gostam de estudar por diversos motivos: ele pode estar se sentindo desmotivado, triste, ansioso... Ou até com preguiça e outros interesses mesmo, também naturais dessa fase. É preciso identificar o que está acontecendo e, assim, tentar tirá-lo dessa situação, e conscientizá-lo de que estudar é a ferramenta mais eficaz para realizar sonhos e ter um lugar especial em seu futuro.

O ideal é que o adolescente tenha sempre um espaço de estudo reservado para ele, com uma boa luz e silêncio. Ter uma rotina de estudos, com horários fixos. Exemplo: desde o início da vida escolar, chegou da escola, tomar um banho e já fazer os deveres e estudar para as provas. Somente depois disso, pode pegar no celular ou fazer algo de lazer. Isso vira um costume quase automático.

Não use o hábito de escrever ou ler como castigo ou punição. Dar uma pausa no estudo com exercícios físicos e outras atividades que ele goste ajuda também a ter mais sucesso nessa empreitada. Não se esqueça de que ele precisa ter um cronograma de estudos. Estabeleça os dias para revisar cada matéria separadamente.

Por fim, tenha um papel anotado com as metas semanais, em que, a cada etapa cumprida, ele possa clicar e ter a sensação concreta e visual de dever cumprido. Isso ajuda a reconhecer as habilidades específicas dele.

Se ele gosta de matemática e tira boas notas, isso deve ser motivo de palavras de encorajamento e reconhecimento ao seu esforço. Já em outra matéria que ele não vá tão bem, descubra formas extracurriculares de motivá-lo a entender o que é ensinado na sala de aula. Usar as matérias aplicadas de forma “chata” nas relações com o cotidiano: isso mostra a aplicabilidade daquilo que está aprendendo e o estimula a aprender ainda mais.

CAUSAS DA DESMOTIVAÇÃO

Falta de renovação dos métodos de aprendizado, de força de vontade e interesse para aprender... Pense: qual o objetivo dele de estudar? Passar de ano, ter uma carreira profissional e ser bem-sucedido. Ok, mas tudo é abstrato e a longo prazo. Traga a importância do estudo para a realidade dele e lhe dê autonomia e independência.

SEM EXPOSIÇÃO

Antes de mais nada, é importante esclarecer que há algumas crianças e adolescentes que não gostam de estudar. Isso mesmo! E o máximo que os pais e professores podem fazer é acompanhar e estimular sem jamais expor o filho ou aluno por causa disso.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!