AnaMaria
Famosos / Polêmica

Anitta comenta cena polêmica em que discute com funcionários: ''Infelizmente é real''

Cantora se tornou alvo de críticas após aparecer xingando sócios

Da Redação Publicado em 17/12/2020, às 15h23 - Atualizado às 15h23

Anitta comenta cena polêmica em que discute com funcionários - Reprodução/Instagram
Anitta comenta cena polêmica em que discute com funcionários - Reprodução/Instagram

Anitta veio às redes sociais nesta quinta-feira (17) para prestar alguns esclarecimentos sobre uma cena intensa que foi transmitida no seriado documental da cantora na Netflix, 'Made In Honório'. 

Em uma sequência de vídeos publicados na sua conta oficial do Instagram, a morena mencionou o momento em que briga com alguns funcionários por um erro cometido pela equipe. 

"Infelizmente [a cena] é real. Eu falei que na série eu mostrava qualidades e defeitos. Nessa cena, eu estou falando com meus sócios. São as pessoas que tenho para sair de mim, extravasar. São meus sócios há mais de sete anos", declarou. 

Sobre ter se tornado alvo de críticas após o comportamento, Anitta deu maiores detalhes a respeito da situação: ''Nesse negócio, a culpa acabou caindo para mim, mas não foi bem assim a história. Eles inventaram um negócio de última hora, a gente não podia falar tanto do que realmente foi. A culpa caiu para dentro de mim, mas tudo bem!", afirmou. 

Além disso, a celebridade aproveitou para explicar uma confusão que acabou tirando um dos episódios da série do ar temporareamente. De acordo com Anitta, um erro foi cometido no quarto episódio e precisou ser editado. 

"Para algumas pessoas, o episódio quatro da série desapareceu. Eu tinha vazado um telefone, ninguém tinha percebido. Rola isso de informações, coisas de leis... Enfim. Eles editaram para borrar o número de telefone. Sumiu por um tempo e depois voltou. Já está no ar de volta", ressaltou. 

ABUSO SEXUAL 

Anitta contou que sofreu abuso sexual durante sua adolescência no primeiro episódio da sua série documental 'Anitta: Made In Honório', que estreou na madrugada da quarta-feira (16), na Netflix. A artista disse ter se sentido culpada pelo acontecido por anos, e que foi por meio de sua carreira que encontrou forças para superar a situação. 


Aos prantos, a cantora falou, pela primeira vez, sobre ter sido estuprada aos 14 anos: "Eu nunca expus isso em público. Sempre me coloquei em umas relações meio abusivas. Quando tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Tinha medo dele, que era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu era diferente quando era adolescente, não era como eu sou hoje em dia".

A artista revelou ainda ter encontrado forças para superar o trauma na personagem Anitta. Para ela, a mulher forte, sexy e decidida surgiu para ajudar Larissa, seu nome verdadeiro.

"Nasceu daí. Da minha vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa, que nunca ninguém pudesse machucar, que nunca ninguém pudesse fazer chorar, magoar. Que sempre tivesse uma saída para tudo. Foi daí. Eu criei essa personagem aí."