AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
TV / Mais Você

‘Jogo de Panelas’, do ‘Mais Você’, é interrompido após ato racista de participante

Ana Maria interrompeu o reality e trouxe a professora Rosane Borges para explicar a atitude

Da Redação Publicado em 20/05/2022, às 14h18

A prática ocorreu durante o jantar de Felipe no 'Jogo de Panelas' com tema "África" - Reprodução/TV Globo
A prática ocorreu durante o jantar de Felipe no 'Jogo de Panelas' com tema "África" - Reprodução/TV Globo

No último jantar do ‘Jogo de Panelas’, um dos participantes do reality reproduziu uma atitude racista. Anderrupson fez blackface, ou seja, se pintou como uma pessoa preta. O programa foi ao ar nesta sexta-feira (20) e sua transmissão foi interrompida porAna Maria Braga.

O jantar oferecido por Felipe fez referência à África. Como de costume, os participantes do reality se vestiram de acordo com o tema proposto pelo anfitrião. Anderrupson, porém, cometeu um ato racista ao se pintar como se fosse uma pessoa preta, o que incomodou outros jogadores.

“Não precisa se pintar de negro. Não se brinca de ser negro, nós somos, de verdade. Tem toda uma história e é sofrida. Não se pinte para ser negro”, comentou Felipe, o anfitrião da noite. A própria apresentadora Ana Maria Braga repreendeu a atitude e interrompeu a transmissão do programa para trazer uma especialista para explicar o assunto.

A EXPLICAÇÃO

Rosane Borges, jornalista e professora especialista em relações raciais e de gênero, contou sobre a origem da prática: "O blackface surge no século XIX, nos Estados Unidos. Utilizado pela aristocracia escravagista que fazia da técnica uma forma de estereotipar e negar a humanidade das pessoas negras”.

“Não devemos fazer sob nenhuma hipótese. Estamos em pleno século XXI e é preciso avançar enquanto civilização e dizer não a uma técnica tão cruel, desumanizadora e violadora”, concluiu a especialista.

Após a fala de Borges, Ana Maria Braga disse que o propósito de seu programa é também esclarecer pontos como esse. “Tem gente que ainda não percebe, mas já está na hora, já está tão dito isso que a Rosane disse, prestar atenção no outro, respeitar o outro”, continuou.

Antes de dar seguimento à exibição do jantar de Felipe, a apresentadora reforçou que o intuito da intervenção não era acusar Anderrupson, mas utilizar a situação com o participante para explicar ao público o quão nociva é a prática do blackface.

{# Taboola Newsroom #}