AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Últimas Notícias / Cantor nega acusações

Anderson Leonardo alega ''sexo consciente'' com homem que o acusou de estupro

O pagodeiro prestou depoimento na tarde desta sexta-feira (05), no Rio de Janeiro

Da Redação Publicado em 05/02/2021, às 18h07 - Atualizado às 18h09

Anderson Leonardo, do Molejo - Reprodução/Instagram
Anderson Leonardo, do Molejo - Reprodução/Instagram

Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, prestou depoimento na Delegacia de Realengo, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (05). Segundo o jornal Extra, o cantor relatou que ele e MC Maylon, quem o acusa de estupro, tiveram relações sexuais com consentimento.

Em entrevista ao G1, Maylon relatou que o crime teria acontecido no dia 11 de dezembro do ano passado, em um hotel em Sulacap, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. 

Segundo Alessandro Lobianco, do programa 'A Tarde É Sua', da RedeTV!, o dançarino não havia feito a denúncia ainda por medo da fama de Anderson.

Ainda no depoimento, a vítima alegou ter sido agredido com tapas no rosto e forçado pelo vocalista a manter relações sexuais. MC Maylon entregou uma cueca e um sabonete para análise da perícia, na última quinta-feira (04).

CANTOR NEGA

O vocalista do 'Molejão' negou as acusações e ainda disse que provará sua inocência na Justiça. "[O cantor] nega as infames acusações que lhe são imputadas, as quais foram recebidas com grande surpresa, reforçando sua inocência, a qual tem certeza que será demonstrada no curso do inquérito policial", diz a nota publicada por sua assessoria na página oficial da banda no Instagram.

"O cantor foi surpreendido, assim como todos, com o que foi veiculado na imprensa na data de hoje, não tendo qualquer conhecimento acerca do publicado e redes sociais ou mesmo em sede policial, vez que não foi intimado para prestar quaisquer informações, pelo que, não teve nem mesmo ciência do que consta do registro de ocorrência", continua a nota.

O comunicado deixou claro que Anderson conhece a suposta vítima e afirmou que o rapaz se apresentou junto com o grupo de pagode em datas que teriam acontecido após o dia do suposto abuso: "Informa também que conhece a suposta vítima, mas jamais praticou os atos veiculados na imprensa. Inclusive, tem conhecimento que a suposta vítima já esteve presente em diversas apresentações artísticas do cantor, em ocasiões posteriores à falaciosa alegação, o que demonstra, claramente, que a narrativa publicada nunca ocorreu."

{# Taboola Newsroom #}