AnaMaria

''Fanáticos imbecilizados’’, diz William Waack sobre apoiadores de Bolsonaro

Coluna do jornalista no Estadão entrou nos assuntos mais comentados do Twitter

Da Redação Publicado em 26/08/2021, às 14h39 - Atualizado às 14h42

Jornalista também falou sobre o quadro mental do presidente - Reprodução
Jornalista também falou sobre o quadro mental do presidente - Reprodução

Se tem um assunto que está dando o que falar nas redes sociais nesta quinta-feira (26) foram as opiniões de William Waack sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Sem papas na língua, o jornalista escreveu uma enxurrada de críticas ao governo, em sua coluna no jornal Estadão. 

Em um trecho, ele chegou chamar seus apoiadores de ‘fanáticos imbecilizados’. "Bolsonaro acha que manda, mas não comanda nada a não ser fanáticos imbecilizados em redes sociais que não sabem até agora muito bem onde está o 'Palácio de Inverno' a ser tomado e ocupado. Eles são contra um monte de coisas, mas ainda aguardam uma ordem específica do 'mito' sobre em qual direção marchar e qual inimigo precisam aniquilar", declarou.

Em outro momento do texto, Waack também afirmou que o quadro mental do presidente é “pra lá de preocupante”. 

No Twitter, alguns dos apoiadores do presidente se pronunciaram contra as críticas feitas pelo jornalista. Rodrigo Constantino, recontratado pela Jovem Pan após ser demitido por falar que, em certas circunstâncias, não defenderia a filha de um estupro, fez um longo tweet, em tom irônico, rebatendo as afirmações do jornalista. 

“William Waack ridiculariza a tese de conspiração contra Bolsonaro, chama seus apoiadores de ‘fanáticos imbecilizados’ e afirma que o ‘arruaceiro institucional’ pode se tornar inelegível pelos tribunais superiores. Ah, e diz que Bolsonaro não tem as ruas também. Será que não?!”, declarou.

Outro perfil, denominado como “apoiador de Sergio Reis” - cantor que fez comentários antidemocráticos recentemente -, afirmou que “tinha um jornalista bom com este nome, mas parece que desapareceu.”

Por outro lado, alguns internautas concordaram com o posicionamento do jornalista. "Nunca achei que fosse defender o Wiiliam Waack aqui, mas bela coluna ele subiu hoje no Estadão", escreveu um. Vale lembrar que o jornalista foi demitido da TV Globo após falas racistas.