AnaMaria
Últimas Notícias / Política

Felipe Neto critica governo, após repercussão da morte de Ágatha Felix

Felipe Neto desabafa sobre governo: ''Não tenho mais estômago para suportar isso''

Da Redação Publicado em 26/09/2019, às 15h15 - Atualizado às 15h16

Felipe Neto - Reprodução/Instagram
Felipe Neto - Reprodução/Instagram

Felipe Neto vem fazendo duras críticas ao Governo Bolsonaro. Desta vez, o carioca usou a conta no Twitter para fazer um desabafo, após a repercussão de uma notícia publicada pelo jornal ‘O Globo’, a respeito da morte de Ágatha Felix. 

Segundo a reportagem citada pelo influenciador, a polícia ainda não sabe informar qual foi a arma que causou a morte da menina de apenas oito anos, durante uma ação da polícia militar no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro (RJ).  

O youtuber se enfureceu com a declaração da pm e usou as redes para expressar sua indignação: “Sinceramente, estou com muita vontade de desistir. Ir embora. Declarar esse governo como vencedor e ir viver em outro canto. Não tenho mais estômago para suportar isso. Estou enjoado, com ânsia de verdade, vontade de vomitar. Não tá dando pra mim”, tweetou. 

SAIU DO BRASIL 

Felipe Neto informou, recentemente, que mandou a sua mãe morar em Portugal, após receber ameaças de parlamentares e internautas. 

A perseguição com o influenciador e sua família iniciou-se depois do empresário ter distribuído gratuitamente exemplares do livro LGBT proibido pelo governador do estado do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante a Bienal do Livro. 

O youtuber se defendeu das críticas e explicou a atitude nas redes sociais: “A podridão dos bolsonaristas é tão imensa que estão alegando que minha mãe mora fora do Brasil desde 2017, porque eu e Luccas demos uma casa pra ela em Portugal. É uma imundície sem fim. A casa sempre foi para ela passar férias e ter um imóvel lá. Ela NUNCA foi morar nessa casa”, começou.

E completou: “Ela tinha acabado de ganhar uma mansão aqui no RJ para morar ainda mais perto de nós, quando as ameaças vieram e ela teve q sair do Brasil. Os minions doentios, ao invés de mostrarem UM PINGO de compaixão, estão debochando, rindo e concordando com as ameaças”, finalizou.