AnaMaria
Últimas Notícias / Jogos Olímpicos

Rebeca Andrade representará o Brasil no encerramento das Olimpíadas de Tóquio

Ginasta ganhou uma medalha de ouro e uma de prata durante sua participação

Da Redação Publicado em 04/08/2021, às 14h00 - Atualizado às 14h02

A ginasta Rebeca Andrade será a porta-bandeira do país no encerramento dos Jogos - Miriam Jeske/COB
A ginasta Rebeca Andrade será a porta-bandeira do país no encerramento dos Jogos - Miriam Jeske/COB

As madrugadas acompanhando as Olimpíadas de Tóquio estão chegando ao fim! O evento acabará no próximo domingo (8), às 8h (horário de Brasília), com uma grandiosa cerimônia de encerramento. Para representar o Brasil, o Comitê Olímpico decidiu, na manhã desta quarta-feira (3), por Rebeca Andrade, a ginasta que conseguiu duas medalhas nesta edição dos jogos olímpicos.

Portanto, apenas a jovem e o seu técnico, Francisco Porath Neto, não vão retornar de Tóquio nesta quarta (4), como o restante da delegação.

Vale lembrar que Rebeca é a primeira ginasta brasileira a conquistar uma medalha olímpica (Daiane dos Santos foi premiada apenas em campeonatos mundiais). Além disso, a atleta se tornou a primeira mulher do país a ganhar duas medalhas em uma única edição das Olimpíadas; a jovem ganhou prata no individual geral e ouro no salto.

ABERTURA
Bruninho
, do vôlei, e Ketelyn Quadros, do judô, foram os porta-bandeiras do Brasil durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos em Tóquio.

O Comitê Olímpico do Brasil optou por colocar poucos atletas para participarem da abertura, na tentativa de minimizar os riscos no contexto de pandemia. Ao lado da dupla estavam Marco La Porta, chefe de missão, e mais um oficial administrativo.

Os dois atletas entraram segurando a nossa bandeira e  esbanjando brasilidade, com direito até a samba no pé. Eles usavam uma camisa com estampa de folhas, bermuda e chinelos nos pés. O Brasil foi um dos últimos países a ser anunciado, pois foi seguida a ordem do alfabeto japonês.