AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Caio Ribeiro explica porque não contou aos filhos sobre câncer: ''Perguntou se eu teria coragem’’

Comentarista esportivo descreveu reação dos familiares ao revelar doença - e justificou decisão de esconder dos filhos

Da Redação Publicado em 02/10/2021, às 15h50 - Atualizado às 15h51

Caio é muito próximo dos filhos, João e Valentina - Instagram/@caiobaribeiro
Caio é muito próximo dos filhos, João e Valentina - Instagram/@caiobaribeiro

Em entrevista para a revista ‘Veja’, Caio Ribeiro explicou como revelou aos familiares que foi diagnosticado com câncer. O comentarista esportivo disse que o pai foi o mais forte; a esposa, Renata, chorou, e a mãe se emocionou bastante, como já imaginava - justamente por isso, esperou um tempo para contar a ela. Aos filhos - João, de 10 anos, e Valentina, de 6 -, o ídolo do São Paulo preferiu esconder a doença.

"A primeira coisa que você pensa é nos filhos, que não quer morrer, porque tem muito a viver com eles. Num primeiro momento só contei ao meu pai e à minha esposa, Renata. Ela chorou. Meu pai é médico, lida melhor com isso, foi forte. Para a minha mãe só contei depois, sabia que ela iria se emocionar mais. Ela saiu correndo, não quis chorar na minha frente", disse.

Ele também justificou porque não quis contar a verdade as crianças. "Disse ao meu filho que estava tomando um remédio, que a consequência era a queda de cabelo e que eu iria raspar a cabeça. Ele só perguntou se eu teria coragem", começou.

Valentina, porém, quis apoiá-lo ao acompanhar a perda do cabelo. "Fiz a mesma coisa com a minha filha, mas ela pirou, queria raspar na hora. Eu e meu filho somos muito grudados, jogávamos bola, futmesa, todo dia. A minha esposa assumiu um pouco isso, é uma supercompanheira, está segurando a bronca", completou.

Caio Ribeiro foi diagnosticado com linfoma de Hodgkin, um tipo de câncer que afeta o sistema linfático, rede complexa de órgãos, tecidos e vasos sanguíneos cujas principais funções são produzir e amadurecer as células de defesa do organismo.