AnaMaria

'A Fazenda 12': Luiza Ambiel e Jojo Todynho falam sobre favoritismo nas votações

Cantora explicou que não importa quantidade de seguidores se estiver agindo errado

Da Redação Publicado em 05/10/2020, às 18h15 - Atualizado às 18h15

'A Fazenda 12': Luiza Ambiel e Jojo Todynho falam sobre favoritismo nas votações - Reprodução/Record TV
'A Fazenda 12': Luiza Ambiel e Jojo Todynho falam sobre favoritismo nas votações - Reprodução/Record TV

A formação da quarta roça da décima segunda temporada do reality show 'A Fazenda' está para acontecer! Na próxima terça-feira (6), os peões irão se reunir para a votação aberta, o que significa que muitos deles aproveitaram a tarde desta segunda-feira (5) para debater estratégias.

Durante uma conversa com Jojo Todynho a respeito do assunto, Luiza Ambiel afirmou que tem procurado manter a amizade com todos os confinados. 

"Quando eu converso e dou uma segunda chance, eu deixo bem claro que foi só mais uma", explicou.

Entretanto, Jojo mostrou que enxerga o jogo de uma maneira diferente:  "Eu não dou nem segunda chance, nem tenho tempo pra ficar nessa cordialidade."

E acrescentou: "Aqui ninguém é mais forte do que ninguém, tá todo mundo no mesmo barco. Eu queria entender em que mundo que vocês vivem que ficam se diminuindo. Eu posso ir com você, e você me tirar. Não tem nada ver seguidor, quantas pessoas te seguem. Nada a ver.", relembrou a funkeira. 

A 'Eterna Musa da Banheira do Gugu' concordou com a visão da famosa, porém destacou que pensa na quantidade de votos que Jojo poderia arrecadar.

"Se eu tivesse vendo você fazer m****, eu não teria medo de ir com você. Mas tô vendo você tranquila. E tô falando do número de pessoas que votariam", afirmou. 

A cantora disse que acredita que deve ir para a roça se estiver agindo errado: "O negócio é esse negócio de mimimi. Se não gostou de algo que eu fiz, chega pra mim e fala. Aí não vai ter estresse, eu não vou chegar no meu ápice, porque o que eu tenho pra falar de alguém, vou e falo". 

"Deus permitiu que eu chegasse até aqui, e Ele quem vai permitir se eu fico ou não. A vida toda quem tomou decisão na minha vida foi Deus. Se eu tiver que ir pra roça, vou agradecer. Não dá pra ficar nesse negócio de 'ai, não posso ir pra roça' ou 'ai, não posso ir pra baia'. Confiei a vida toda em Deus", concluiu.