AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Aplicativos de relacionamentos investem em tecnologia para evitar golpes 

Sites e aplicativos de namoro online procuram diminuir número de fraudes

Por Ives Ferro e Beatriz Cresciulo Publicado em 14/02/2020, às 15h00

Aplicativos de relacionamentos investem em tecnologia para evitar golpes - Getty Images
Aplicativos de relacionamentos investem em tecnologia para evitar golpes - Getty Images

É possível encontrar o amor da sua vida pela internet? Certamente que sim, e os muitos casais que se conheceram dessa forma estão aí para comprovar isso. No entanto, é preciso tomar muito cuidado com os golpes. 

Vanessa Oliveira*, 57, se envolveu com um homem que conheceu via aplicativo, mas acabou sendo vítima de um estelionatário. Para Vanessa, ele contou que era médico e ressaltou estar passando necessidades por conta do processo de divórcio da ex-mulher.

Apaixonada, a professora decidiu vender seu carro e mais alguns pertences para ajudar nas despesas do amado. Só que, após entregar o dinheiro, o homem simplesmente sumiu sem deixar rastros.

“Eu nunca imaginei que isso pudesse acontecer comigo, e demorei pra acreditar que uma pessoa com quem fiz planos teve a capacidade de mentir e me enganar a todo tempo. Depois disso, sempre estou com um pé atrás, além de demorar para confiar de novo”, desabafa.

*Nome trocado a pedido da entrevistada

PAQUERA SEGURA
Os aplicativos tentam proteger seus usuários de casos como o de Vanessa. Martha Agricola, diretora de marketing do aplicativo de relacionamentos Badoo, conta que a reclamação mais frequente é o compartilhamento de conteúdo indesejado, como fotos pornográficas, por exemplo. Mas é possível tomar providencias.

“Você pode notificar e a equipe vai ler toda a conversa, que fica aberta quando você concorda com os termos do aplicativo. Caso haja uma má intenção, a pessoa é banida”, explica.  Além disso, a representante ressalta que a equipe por trás do app busca aprimorar a segurança dentro da rede. 

Uma das técnicas é por meio da verificação por foto, que faz com que os usuários consigam comparar o clique capturado para realizar o cadastro na plataforma e as demais imagens compartilhadas no perfil.

Além disso, o procedimento viabiliza um selo de verificação, indicando que aquele perfil foi checado. “Pedimos para os usuários sempre conversarem com as pessoas que tem o selo de verificação, ajudando a prevenir que eles passem por problemas”, destaca.

Já no caso do aplicativo happn, os usuários podem bloquear e denunciar outros por mau comportamento, perfis falsos, perfis comerciais, fotos imprecisas, fraude, inadequação de idade, entre outros tópicos. Segundo a empresa, em seu perfil oficial, qualquer reclamação é analisada pela equipe de Suporte ao Cliente, que verifica todos os casos individualmente. Se eles forem identificados como falsos, os perfis serão imediatamente banidos do aplicativo. 

"Desconfie de perfis que não possuem informações gerais, como uma imagem de rosto, por exemplo. Geralmente, eles são os mesmos que exigem detalhes pessoais desnecessários dos outros", sugere a equipe do aplicativo. 

No caso do Tinder, qualquer situação que envolva perseguição, ameaça, intimidação, invasão de privacidade ou revelação de informações pessoais de outras pessoas, pode resultar no banimento do perfil. Isso inclui até tirar prints de conversas e divulgá-las publicamente sem o consentimento do outro. Além disso, o app se reserva o direito de banir qualquer usuário que tenha comportamento ameaçador, malicioso ou prejudicial a outros usuários. Ou seja: está desconfortável? Denuncie!

CASOS DE SUCESSO
Mas não pense que os aplicativos trazem apenas problemas aos seus usuários. O designer gráfico Gabriel Araujo, 25, e a recepcionista Naty Marangoni, 27, são um exemplo disso. 

O match aconteceu há quatro anos e, hoje, ambos estão de casamento marcado para 25 de julho próximo, quando completam cinco anos de relacionamento.

Ela explica que, mesmo usando aplicativos de relacionamento, sempre teve uma “lista” de cuidados a seguir para evitar encontrar pessoas mal-intencionadas. 

“Sempre ia me encontrar em lugares públicos, para minha segurança. Mesmo pessoalmente, você não sabe quem está conhecendo, então temos que ter precauções, já que escutamos muitas histórias ruins”, completa.

ENCONTRE SEU AMOR 
Gabriel já teve outros relacionamento que começaram com a ajuda da web, mas ressalta a importância de ter cuidado para não cair em perfis falsos. “Hoje tem muitas pessoas que são diferentes na internet e na vida real, acho isso muito injusto. A partir do momento em que você está na rede social para conhecer novas pessoas, você tem que ser verdadeiro”, afirma ele, que ainda dá dicas para quem quer encontrar um amor na internet.

“Seja verdadeiro, não minta para as pessoas, seja gentil e educado”, destaca. Naty vai além, ressaltando que os aplicativos são uma chance para conhecer gente que talvez você não tivesse a oportunidade de encontrar no dia a dia. 

“Só não leve o aplicativo como um cardápio de pessoas, porque humanos têm sentimentos, sonhos, realidades, problemas, e não dá para fazer o outro virar um delivery, um pedaço de carne”, ressalta.

*Nome trocado a pedido da entrevistada

{# Taboola Newsroom #}