AnaMaria

''Não tenho saudade'', revela Victor Fasano sobre estar há 4 anos longe das novelas 

Aos 60 anos, ator Victor Fasano contou que não tem saudades de atuar

Da Redação Publicado em 28/06/2019, às 07h49 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

O último trabalho de Victor Fasano foi na série "Milagres de Jesus", exibida na Record TV. - Reprodução/Instagram
O último trabalho de Victor Fasano foi na série "Milagres de Jesus", exibida na Record TV. - Reprodução/Instagram

Conhecido por personagens sedutores e boa forma, o ator Victor Fasano revelou que não sente falta de atuar em novelas, durante uma entrevista à apresentadora Daniela Albuquerque para o programa 'Sensacional', exibido na quinta-feira (27), na RedeTV!. 

"Saudade não tenho. Tenho de trabalhar, de estar em cena. Tudo o que está em volta disso. Não sei se tenho muita vontade [de retornar]. Se for personagem de galã, esquece", contou. 

Victor, que foi modelo internacional na juventude, estreou na teledramaturgia brasileira na novela 'Barriga de Aluguel', em 1990, ao lado de Cássia Kis e Cláudia Abreu, e contou como foi o processo.

"Na hora de fechar o contrato eu falei: 'Quero que vocês tenham certeza que estou dizendo que sou modelo, não ator. Não quero que, em algum momento durante o processo, vocês venham me dizer que não sei isso ou aquilo, porque já estou dizendo que não sei e assim mesmo vocês quiseram me contratar", disse sobre a decisão da autora Glória Perez e do diretor Wolf Maya.

Após o sucesso dos anos 90, Fasano ainda se destacou em outras produções da Rede Globo, como "De Corpo e Alma" (1992), em que interpretava um garoto de programa que trabalhava no clube das mulheres. "Era desconfortável. Achavam que eu era aquilo e não o ator. Na rua, em todos os lugares, o pessoal passava a mão. Na gravação, às vezes, tinha que tirar a roupa e os figurantes ficavam passando a mão também. Abusavam."

TRAGÉDIA

O ator também aproveitou para lembrar da tragédia que matou a atriz Daniella Perez, filha de Glória Perez, que atuava na mesma novela, e que foi morta pelo namorado e ator Guilherme de Pádua

"Um drama. Não entendemos como pode ter acontecido aquilo. Um ator que convivia com a gente o tempo todo. Inexplicável. E a Glória, no momento seguinte, continuou escrevendo a novela. Ela foi uma fortaleza", declarou Fasano.

LEMBRANÇAS

Ele ainda relembrou o relacionamento que teve com a atriz Maitê Proença, em 1995, quando contracenaram em 'Cara e Coroa'. "Ela é linda e bacana. Uma mulher que tem posição, postura, viajada, um mulherão mesmo, apesar de ser baixinha", brincou. Atualmente, os dois são bons amigos. 

Daniela Albuquerque aproveitou o momento para exibir a Victor um depoimento de Maitê, em que ela relembra o namoro com o ator. "Gostei dele porque ele não tinha uma personalidade armada, pessoas públicas normalmente tem. Ele era puro e genuíno, achei aquilo um descanso no meio de toda aquela coisa rígida, de todo um comportamento meio previsível, e que ele não tinha. Amo o Victor e vou amá-lo a vida inteira."

Aos 60 anos, o galã ainda chama a atenção pela boa forma. Suas redes sociais possuem diversas fotos em que mostra o abdômen trincado. Ao ser questionado se recebe propostas indecentes, ele surpreendeu ao afirmar já ter compartilhado nudes: "Claro! Do pescoço para baixo", revelou aos risos.

Seu último trabalho na televisão foi na série "Milagres de Jesus", exibida na Record TV.